Elton John edita jornal no Dia Mundial da Luta contra a Aids

Músico inglês foi o responsável por número especial do "The Independent", que possui artigo do ex-presidente dos EUA Bill Clinton

EFE |

Reuters
Elton John durante reunião de pauta na redação do "The Independent" em Londres
Duas rosas ilustram nesta quarta-feira, 1º de dezembro, a capa de um número especial do jornal britânico "The Independent", editado pelo músico britânico Elton John, por ocasião do Dia Mundial da Luta contra a Aids. As flores são um trabalho do britânico Gary Hume, um dos artistas favoritos do músico, que quer simbolizar a transitoriedade da vida, ameaçada pela pandemia da aids.

O número especial traz uma série de matérias, artigos e reportagens dedicados à doença, alguns deles muito críticos com as empresas farmacêuticas e as tentativas atribuídas à União Europeia de defender os interesses da indústria frente à necessidade de genéricos mais baratos que poderiam aliviar o problema na África. O "The Independent" inclui também vários relatórios sobre a evolução da pandemia em distintas partes do mundo, desde Lesoto e Camboja até a Ucrânia, e os progressos que foram alcançados na luta contra a doença.

Reprodução
Capa do "The Independent" editado por Elton John
Elton John conseguiu para o número especial um artigo de Bill Clinton, no qual o ex-presidente dos Estados Unidos destaca o trabalho tanto do Fundo Global contra a Aids, a Tuberculose e a Malária, como das fundações privadas, como a de Bill e Melinda Gates e a do próprio editor-chefe por um dia.

No editorial de apresentação, Elton John fala da esperança que a luta contra a Aids desperta no mundo todo e se diz encorajado pelas últimas estatísticas da Unaids (programa da ONU para o combate à doença), segundo as quais há 5 milhões de pessoas em tratamento e desde 2001 houve uma redução de 25% nas novas infecções nos países mais afetados. Da mesma forma que Clinton, Elton John elogia o trabalho do Fundo Global, que qualifica como "a resposta mais ambiciosa a uma catástrofe global desde o plano Marshall", e afirma que, junto a outras iniciativas internacionais de organizações beneficentes, acabou com a velha crença de que os países pobres não eram capazes de gerir sozinhos tratamentos complicados.

Mas, apesar de as páginas serem em sua maioria dedicadas aos diferentes aspectos da luta contra a Aids, o número especial do "The Independent" mostra também outros interesses do músico britânico. Há matérias sobre cinema, gastronomia e futebol, assim como um ensaio sobre a indústria musical, e colaborações de cineastas como Stephen Fry, chefs como Jamie Oliver e uma entrevista feita pelo próprio editor-chefe com o comediante Jimmy Carr.

    Leia tudo sobre: elton johnthe independentaids

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG