Disputa judicial revela possível turnê dos Rolling Stones em 2011

Shows começariam no final de 2011 e se estenderiam por 2012, quando a banda completa 50 anos

iG São Paulo |

undefined
Rolling Stones: sem shows desde 2007
Os planos de uma turnê em 2011 dos Rolling Stones vieram à tona com a divulgação de uma batalha judicial entre a Live Nation e o empresário Michael Cohl, ex-funcionário da empresa. Os shows começariam no final de 2011 e seguiriam por 2012, quando a banda comemora o aniversário de 50 anos.

A disputa judicial ocorre devido ao acordo firmado entre Cohl e a Live Nation em 2008, quando ele saiu da empresa. Segundo processo iniciado em novembro pela Live Nation, Cohl não pagou US$ 5,35 milhões dos US$ 9,85 milhões exigidos para continuar empresariando os Rolling Stones, o Pink Floyd e a cantora Barbara Streisand. Cohl alega que a empresa não cumpriu suas partes do contrato também.

Agora, o empresário e a Live Nation disputam quem promoverá a possível nova turnê dos Stones. A empresa não abre mão do negócio, enquanto Cohl argumenta que, devido aos problemas judiciais, diversas oportunidades para a banda já foram perdidas.

Os Rolling Stones não fazem shows desde 2007, quando terminaram a "Bigger Bang Tour", que passou pelo Brasil em fevereiro de 2006, em um show gratuito na praia de Copacabana, no Rio. Apesar das constantes negativas sobre novos shows, o guitarrista Keith Richards declarou, em entrevista para a BBC em novembro do ano passado, que "todos estão preparados para sair em turnê.

    Leia tudo sobre: músicarolling stonesshowturne

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG