Desaparecidos nos anos 90, alguns artistas seguem firmes até hoje

Redação iG Música |

Lembra dos cinco rapazes que pulavam na frente da sua TV na década de 90 sob a alcunha de New Kids on the Block ? Pois já não é novidade para ninguém que os "meninos" estão planejando seu retorno aos holofotes, tendo inclusive disponibilizado uma canção inédita na Internet e prometido um novo álbum para setembro deste ano.

Por conta desse último respiro de uma boyband da década passada, paramos a redação do iG Música para descobrir quais artistas do mesmo período poderiam nos brindar com retornos ao showbiz. E não foi uma surpresa quando chegamos à conclusão de que a maioria dos nomes que surgiram naquela época continuam na ativa!

Por exemplo, você lembra do Skid Row , a banda que rivalizava com o Gun'N'Roses (que, diga-se de passagem, também poderia integrar essa nota)? Pois é, o grupo do vocalista Sebastian Bach segue na ativa com uma formação diferente da que você provavelmente lembra. No lugar do cantor está o também loiro Johnny Solinger, por exemplo, e na página do MySpace do grupo é possível acompanhar as datas de seus próximos shows.

Assim que eliminamos o Skid Row passamos para o Extreme , grupo que fez sucesso graças à balada "More Than Words" e às longas madeixas do guitarrista Nuno Bettencourt. E não é que os rapazes continuam na ativa com a formação clássica quase completa? O único que não está no palco é o baterista Paul Geary, que, convenhamos, nunca fez nada no clipe mais famoso da banda.

Com dois nomes de peso a menos, partimos para o EMF , quinteto que estourou com o hit "Unbelievable" e foi queridinho da MTV no início dos 90. Erramos mais uma vez. Apesar da morte do baixista Zac Foley em 2002, a banda de dance-rock segue fazendo pequenos shows na Inglaterra até hoje.

Com a lista encurtando, nossa preocupação aumentou - será que todas as bandas que pensávamos não estarem mais na ativa seguiram com suas carreiras? O website oficial do Jesus Jones nos fez acreditar que sim. Eles não estão fazendo nada atualmente, mas a última nota da seção de notícias da página data de junho de 2007, o que invalida nosso almejado "retorno dos anos 90".

Decepcionados com as bandas de rock, apelamos para alguns artistas que fizeram sucesso e poderiam estar em casa curtindo sua aposentadoria. Ledo engano. Tanto MC Hammer quanto Vanilla Ice , dois representantes do pop/hip hop daquela época continuam perseguindo o sucesso com carreiras musicais quase contínuas.

É difícil de acreditar que MC Hammer, aquele malucão que usava as "calças infladas" mais esquisitas no showbiz e que perdeu grande parte de sua fortuna com o passar das décadas, nunca deixou de lançar álbuns num intervalo maior do que três anos. Seu último lançamento, o disco "Look Look Look", chegou às lojas em 2006.

Já Vanilla Ice, o magrelo topetudo que tirava suspiros das garotas com o hit "Ice Ice Baby", não só seguiu com sua carreira como chegou a mudar completamente de estilo musical. Em seu website oficial é possível ver o novo visual do músico, que agora se apresenta como um artista de nu metal, com direito a cavanhaque e boné.

Enfim, depois de tantas decepções, retomamos a rotina de trabalho, mas não sem antes chegar à conclusão de que é melhor parar uma carreira bem sucedida e voltar do que continuar insistindo num sucesso que já se foi.

    Leia tudo sobre: emfextremejesus jonesmc hammernew kids on the blockskid rowvanilla ice

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG