Demônios da Garoa festejam 60 anos de carreira

Brasileiros estão no Guinness Book como o grupo vocal mais antigo em atividade

Augusto Gomes |

Em 1949, os Demônios da Garoa gravavam sua primeira música, foi a rancheira "Sanfoneiro Folgado". Sessenta anos depois, o grupo continua em atividade e festeja seu aniversário com dois shows em São Paulo, neste final de semana.

As apresentações também marcam o lançamento do livro "Pascalingundum: Os Eternos Demônios da Garoa", biografia escrita pelo jornalista e historiador Assis Ângelo.

"Pascalingundum" é a forma certa de pronunciar a onomatopeia presente no maior sucesso da banda, "Trem das Onze". A música, lançada nos anos 1960, foi escrita por Adoniran Barbosa, compositor com quem os Demônios da Garoa até hoje são associados.

Não por acaso. "Muito provavelmente Adoniran, como nome da MPB, não teria existido sem os Demônios. E vice-versa", acredita Assis Ângelo.

O que pouca gente sabe é que essa música ficou guardada na gaveta de Arnaldo Rosa, um dos fundadores do grupo, por cinco anos antes de ser gravada.

"Quem me contou isso foi ele mesmo, Arnaldo, e o produtor musical aposentado Brás Baccarin, responsável pelo LP Trem das Onze ", revela Assis. A revelação, conta o escritor, foi uma das maiores surpresas ao fazer a biografia do grupo.

Divulgação
Capa do livro "Pascalingundum"
A ideia de escrever o livro surgiu em 1994, após ele escrever a contracapa do LP Demônios da Garoa 50 Anos . Desde então, se passaram quinze anos.

"As dificuldades foram muitas. Uma delas, o levantamento das várias formações pelas quais passou o conjunto. Outra: localizar os ex-integrantes e convencê-los a falar. Nesse processo, eu ouvi mais de 80 pessoas", conta.

A relação com Adoniran Barbosa, explica, sempre foi tumultuada. "Adoniran era ranzinza por natureza. O grupo e ele nunca trabalharam juntos. Questão de ordem financeira. Adoniran queria a metade do que ganhassem", diz.

Mas isso não impediu que os Demônios da Garoa se tornassem seus principais intérpretes. "Do Adoniran, os Demônios gravaram 36 músicas. Essas três dúzias foram suficientes para marcar definitivamente o grupo, que tem no repertório 330 músicas gravadas", afirma.

Os Demônios da Garoa estão no Guinness Book, como o mais antigo grupo vocal em atividade ininterrupta do planeta. De 1949 até hoje, eles nunca pararam de se apresentar.

Os integrantes originais, no entanto, foram substituídos aos poucos - tanto que, da primeira formação, não sobrou ninguém. Na opinião de Assis Ângelo, o grupo conseguiu se manter em evidência "pela graça, humor, gaiatice".

"O diferencial dos Demônios da Garoa sempre foi a forma de interpretar uma música, fosse samba, jongo, toada, maxixe, rancheira ou marcha-rancho. O grupo gravou os mais diversos gêneros musicais. Até maracatu", explica.

Os shows de aniversário acontecem neste sábado (06) e domingo (07) no Sesc Pompeia, em São Paulo. Após as apresentações, Assis Ângelo vai autografar cópias de seu livro sobre o grupo.

No sábado, o show começa às 21h e, no domingo, às 18h. Os ingressos variam de R$ 4 a R$ 16 e podem ser comprados em qualquer unidade do Sesc. O Sesc Pompeia fica na Rua Clélia, 93. Mais informações pelo telefone 11 3871 7700.

    Leia tudo sobre: demonios da garoa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG