Demitido por Axl, vocalista critica o novo Guns

Demitido por Axl, vocalista da banda Eagles Of Death Metal critica o novo Guns n Roses

Redação iG Música |

O vocalista da banda Eagles Of Death Metal, Jesse Hughes, criticou Axl Rose em uma recente entrevista, apontando o fato do cantor não ser mais um rock star como motivo pela demissão de seu grupo da turnê de 2006 do Guns n' Roses.

Após serem mal recebidos pelo público da cidade de Cleveland, nos Estados Unidos, o Eagles foi chamado por Axl de "The Pigeons Of Shit Metal", algo como "As Pombas do Metal de Cocô" (a tradução de "Eagles Of Death Metal" é "Águias do Death Metal").

Ainda no palco Axl demitiu a banda de abertura do resto da turnê.

"Quando entramos no palco vimos uma arena com 25 mil lugares ocupados por não mais que 5 mil garotos; E sequer um deles era nascido quando o álbum Appetite For Destruction foi lançado", disse Hughes, culpando o novo público do Guns pela sua demissão.

Para completar, o músico acrescentou mais um motivo para justificar a tensão criada entre sua banda e Axl Rose.

"Eu acredito que tem muito a ver com o fato de Axl odiar Dave Grohl, do Foo Fighters, e de nós sermos da mesma turma. Ele culpa Dave pelo fim da carreira do Guns e guarda rancor do MTV Music Awards onde eles brigaram e Dave só olhou do palco e disse 'Hi Axl!'", explicou.

    Leia tudo sobre: axl roseeagles of death metalguns n roses

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG