Demi Lovato não está em tratamento antidrogas, diz porta-voz

Segundo representante da cantora, a internação num centro de reabilitação foi por "questões emocionais e físicas"

Reuters |

Stephan Solon / Via Funchal
Demi Lovato
Um porta-voz da estrela adolescente Demi Lovato negou na quarta-feira que a atriz da Disney esteja recebendo tratamento para o vício de álcool ou drogas, após alegações na mídia de que ela teria um histórico de beber em excesso e usar cocaína.

As alegações de cocaína foram publicadas em veículos que acompanham a vida de celebridades, uma semana depois que Lovato, de 18 anos, se afastou de uma turnê e foi ao centro de reabilitação para tratar o que poderiam ser consideradas "questões emocionais e físicas" de longa data.

"Demi Lovato não está em tratamento para vício de drogas ou álcool. Como temos dito desde que ela ingressou no tratamento, na semana passada, Demi decidiu buscar ajuda para seus assuntos físicos e emocionais que ela enfrentou durante sua vida", disse o porta-voz de Lovato, Jesse Derris.

"Ela tomou essa medida para poder arrumar sua vida. Embora saibamos que muitos estão interessados na vida de Demi, também pedimos um pouco de privacidade durante esse momento difícil", acrescentou.

Representantes da jovem estrela de "Sunny Entre Estrelas" da Disney Channel e os filmes "Camp Rock" disseram na semana passada que ela foi alvo de bullying na escola e tinha um histórico de distúrbios alimentares.

    Leia tudo sobre: Demi Lovato

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG