Debaixo de vaias, Locomotrom é campeã da batalha de bandas do SWU

Selecionado para tocar no festival em Itu, quinteto ouviu gritos de "bando de emos" do público descontente com a vitória

Augusto Gomes, iG São Paulo |

Augusto Gomes
O Locomotrom, campeão da primeira batalha de bandas do SWU
Aplausos, seguidos de uma vaia, e depois gritos de "Emo! Emo!". Esse é um resumo da reação do público diante da vitória do Locomotrom na primeira batalha de bandas do festival SWU. O evento, realizado na noite de sexta-feira no Estúdio Emme, em São Paulo, reuniu quatro grupos na disputa por uma vaga no festival que acontece em Itu de 9 a 11 de outubro. Cada um - além do Locomotrom, participaram as bandas Fórcepz, Single Parents e Estarte - tocou por cerca de dez minutos diante de um juri que definiu a campeã.

O Locomotrom foi, sem dúvidas, a mais profissional das quatro. Mais seguro, com forte presença de palco e interagindo com o público, o quinteto de Jundiaí parecia veterano diante das outras três bandas. Mas bastaram poucos segundos de show para perceber que o estilo musical do grupo era o mesmo de NX Zero, Fresno e similares: o emo que, se de um lado é sucesso de público, de outro sucita os mais variados ódios. Ódios que apareceram em forma de vaias (e palavrões) quando o Locomotrom venceu a batalha de bandas.

"Nem estou preocupado com isso", afirmou o vocalista André Siqueira, enquanto comemorava a vitória na saída do Estúdio Emme. E não parecia estar mentindo. "O importante é que vamos tocar num festival do lado de muita gente boa. Estamos batalhando por isso há cinco anos e agora aconteceu", disse. O grupo já lançou um CD demo há dois anos, e agora se prepara para gravar um segundo disco, dessa vez de forma mais profissional. Tudo bancado por eles mesmos. "A não ser que apareça alguém para financiar, será totalmente independente", explicou.

A história não é diferente com o Single Parents, trio de São Paulo que foi o grande rival do Locomotrom nesta primeira eliminatória. Desde março do ano passado com a atual formação, a banda já lançou um disco e um clipe, ambos independentes. "O disco foi feito na raça. O que deu para fazer em casa nós fizemos. Com o clipe foi a mesma coisa", conta Fernando Dotta, vocalista da banda. No palco, Fernando enfrentou problemas com o pedestal de seu microfone, que teimava em não parar no lugar. A primeira música inclusive foi repetida por causa disso.

Augusto Gomes
Fernando Dotta, vocalista do Single Parents, enfrenta problemas com o microfone
O Single Parents tinha pinta de vencedor porque, além de ter feito um bom show, tem um estilo mais próximo das demais atrações do palco Oi Novo Som, um dos quatro do festival SWU. Um rock levemente experimental cantado em inglês, influenciado por nomes como Sonic Youth, Pavement e Teenage Fanclub, que arrancou aplausos até de quem não fazia parte de sua torcida (cada grupo levou a sua). As outras duas bandas da batalha - o rock com cara de anos 90 do Fórcepz e o hardcore do Estarte - não impressionaram.

"Eles realmente têm um um perfil mais com a cara das outras bandas que vão tocar lá", reconheceu o vocalista do Locomotrom, referindo-se ao Single Parents. "E também são uma banda muito boa. Mas nós ganhamos, cara". Enquanto ele e a banda comemoravam, alguns gritos de "bando de emos" continuavam ao fundo. Uma das fãs não teve dúvidas: gritou "bando de invejosos" de volta. A confusão só terminou quando o Mombojó, grupo pernambucano que também tocará no SWU, subiu ao palco para fazer o show de encerramento da noite.

No Rio de Janeiro, a batalha acontece neste sábado (11), no Teatro Rival, e reúne as bandas Síntese, Mad Sneaks, Ex 4 – Exatamente Quatro, OVERAL, com show de encerramento do Sobrado 112. A terceira e última eliminatória, em Porto Alegre, no dia 25, contará com os grupos Enfuga, Ideal Stereo, Tolerância Zero e Kiara Rocks. De cada uma das noites, saem os dois últimos nomes da programação do palco Oi Novo Som. Ainda não está definido qual delas tocará em cada um dos três dias do festival.

Assista abaixo ao grupo Locomotrom tocando "Os Olhos Não Mentem":

Veja a escalação completa, por dia (ainda sem os vencedores da batalha de bandas):

- Sábado (09): Letuce, Sobrado 112, Curumim & The Aipins, Superguidis, Mallu Magalhães, Cidadão Instigado, The Apples in Stereo.
- Domingo (10): Luísa Maita, Lucas Santtana, Volver, Tulipa Ruiz, Rubinho e Força Bruta, Bomba Estéreo, Otto
- Segunda (11): Tono, Fino Coletivo, Mombojó, Autoramas, B.Negão, Josh Rouse, CSS

Confira abaixo a programação completa do festival SWU:

9 de outubro

Palco Água
15h45: Brothers of Brazil
16h50: Macaco Bong
18h40: Mutantes
20h55: The Mars Volta

Palco Ar
16h15: Black Drawing Chalks
17h35: Infectious Grooves
19h50: Los Hermanos
22h05: Rage Against the Machine

Palco Oi Novo Som
14h40: Banda Batalha das Bandas
15h20: Letuce + qinhO
16h10: Sobrado 112
17h00: Superguidis
17h50: Curumin & The Aipins
18h45: Mallu Magalhães
19h45: Cidadão Instigado
20h50: The Apples in stereo

Tenda Heineken Greenspace
15h00: Glocal
16h00: Killer on the Dance Floor
17h00: The Twelves
18h00: Switch
19h15: MSTRKRFT
20h45: The Crystal Method
23h59: DJ Marky
01h15: Steve Angelo

10 de outubro

Palco Água
14h00: Ilo Ferreira
15h40: Jota Quest
17h45: Sublime with Rome
19h55: Joss Stone
22h55: Kings of Leon

Palco Ar
14h50: Teatro Mágico
16h40: Capital Inicial
18h45: Regina Spektor
21h00: Dave Matthews Band

Palco Oi Novo Som
14h40: Banda Batalha das Bandas
15h20: Luisa Maita
16h20: Volver
17h20: Lucas Santtana
18h30: Tulipa Ruiz
19h40: Rubinho e a Força Bruta
20h50: Bomba Estéreo
22h10: Otto

Tenda Heineken Greenspace
16h30: Mario Fischetti
17h45: Nike Warren
19h00: Life is a Loop
20h15: Sander Kleinenberg
21h30: Roger Sanchez
22h45: Sharam
00h15: Markus Schulz

11 de outubro

Palco Água
15h05: Gloria
16h10: Rahzel
17h45: Cavalera Conspiracy
19h55: Incubus
22h20: Pixies
01h35: Tiësto

Palco Ar
14h30: Alan Johanes
15h35: Crashdiet
17h00: Yo La Tengo
18h50: Avenged Sevenfold
20h55: Queens of the Stone Age
23h25: Linkin Park

Palco Oi Novo Som
14h40: Banda Batalha das Bandas
15h30: Tono
16h30: Fino Coletivo
17h30: Mombojó
18h35: Autoramas
19h40: BNegão & Seletores de Frequência
20h50: Josh Rouse
22h10: CSS (Cansei de Ser Sexy)

Tenda Heineken Greenspace
15h30: Anderson Noise
16h45: Anthony Rother
18h00: Aeroplane
19h15: Mix Hell
20h30: Gui Boratto
21h45: Erol Alkan

    Leia tudo sobre: SWUbatalha de bandasoi novo som

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG