Menino da Porteira - Música - iG" /

Daniel volta ao cinema com Menino da Porteira

Filme protagonizado pelo cantor estreia em março

Agência Estado |

Não foi baseado em best-seller, série de TV ou peça teatral, mas na canção "O Menino da Porteira", composta por Teddy Vieira e Luizinho e gravada em 1955, que o filme homônimo levou mais de 4 milhões de pessoas ao cinema, em 1977. Na última terça-feira, os produtores Jeremias Moreira e Moracy do Val apresentaram à imprensa a sua tentativa de resgatar o megassucesso protagonizado por Sérgio Reis, desta vez apostando no cantor Daniel como o personagem principal.

Após a exibição do filme, durante uma entrevista coletiva, Daniel foi crítico com a própria atuação. Segundo ele, seu trabalho poderia ter sido mais apurado. O ator-cantor, no entanto, parece muito à vontade em cena. É um filme sincero. Foi diferente do filme que fiz com a Xuxa, quando eu interpretei um cantor sertanejo. Neste, eu não vi o Daniel na tela, mas meu personagem, o Diogo.

O filme fala sobre a amizade de um boiadeiro com um menino que sonhava em ser peão. Juntos eles têm de enfrentar os mandos e desmandos de um cruel fazendeiro. A película tem estreia prevista para 6 de março em aproximadamente 300 salas do país.

Jeremias ¿ que também é diretor do longa ¿ e Moracy revelaram que decidiram refilmar "O Menino" a partir do sucesso do filme "Dois Filhos de Francisco", que conta a história da dupla Zezé di Camargo & Luciano. Tínhamos dúvida de que a temática rural ainda seria capaz de levar pessoas ao cinema. Resolvemos apostar e, agora, queremos atrair, pelo menos, cinco milhões de espectadores, disse Moracy.

O enredo é simples e universal, tanto que há semelhanças com o épico "Austrália", em cartaz nos cinemas. Assim como nos outbacks (descampados) australianos, há no "Menino da Porteira" um boiadeiro responsável por levar o gado ao frigorífico, mas, para isso, precisa enfrentar a fúria do grande fazendeiro local ¿ a mesma coisa acontece em Austrália. Queríamos fazer um filme verossimilhante, diz Moracy. Belas fotografias e a trilha sonora são as cerejas do bolo. A trilha já foi lançada pela Warner e custa R$ 29.

    Leia tudo sobre: daniel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG