Cyndi Lauper agrada público com velhos hits e show correto em SP

Juliana Zambelo |

Acordo Ortográfico

Cyndi Lauper começou cedo e acabou cedo a primeira de uma série de apresentações no Brasil na noite desta quinta-feira. O show no Via Funchal, em São Paulo, teve início antes das 22h e durou pouco mais de uma hora, mas nele houve espaço para seus principais sucessos e algumas faixas de seu álbum mais recente, lançado este ano.

A cantora de 55 anos subiu ao palco vestindo apenas preto. Seu cabelo, na melhor tradição oitentista, está totalmente assimétrico (curto de um lado, longo de outro) e o loiro é quebrado por mechas cor-de-rosa. E sua voz única está inteira lá, intacta mesmo depois de 25 anos de carreira.

O show começou com Change of Heart, de 1986. O público, que enchia mas não lotava o Via Funchal, respondeu com entusiasmo à aparição da cantora e manteve o clima bastante quente durante toda a apresentação, dançando e cantando junto diversas vezes.

Lauper alternou músicas antigas e novas composições. Os velhos sucessos vinham orgânicos, com pegada mais rock e menos pop do que as versões originais. Já faixas como "Set Your Heart", Grab a Hold e "Echo", tiradas do novo CD Bring Ya To The Brink , eram apresentadas com pesadas bases eletrônicas, deixando a banda perambulando pelo palco obsoleta. Anti-diva, a cantora passou o show enxugando o rosto com lenços amarrotados e dando corridinhas engraçadinhas pelo palco.

Logo na quarta música, ela pegou um violão para tocar o primeiro hit da noite, When You Were Mine, e manteve o instrumento para uma versão mais lenta de Shebop. Durante os intervalos, Lauper tentava se comunicar usando um livro de frases em português, mas sua pronúncia sem treino não deu resultado. O público respondeu com coros de nós te amamos em bom inglês.

A primeira parte do show ainda teve All Through the Night e "Money Changes Everything", ambas de seu álbum de estreia Shes So Unsual , de 1983.

Após uma pequena pausa, Lauper voltou e, de improviso, fugiu do set list e arriscou uma versão atrapalhada de The Goonies 'R' Good Enough para agradar a platéia, mas os pontos altos da apresentação vieram mesmo com a balada Time After Time e, claro, com o hino Girls Just Wanna Have Fun. Bem fiel à versão original, o hit promoveu uma catarse que aquele espaço não via desde... desde... bom, desde a última segunda-feira . Após a festa, ela sentou sozinha à beira do palco com sua steel guitar no colo para encerrar a noite com uma versão simples e bonita de True Colors. Partiu em seguida com o dever cumprido após um show correto, mas sem surpresas ou momentos inesquecíveis.

Cyndi Lauper volta a se apresentar nesta sexta-feira no Via Funchal. No sábado, ela canta em Belo Horizonte e ainda canta em Curitiba (dia 17) e Porto Alegre (20).

Leia mais sobre Cyndi Lauper

    Leia tudo sobre: cindy lauper

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG