Criador da capa de "Sgt Pepper's" refaz imagem sem os Beatles

Na nova ilustração, Peter Blake usou fotos de artistas como Amy Winehouse e Noel Gallagher, além de amigos e familiares

BBC Brasil |

selo

Peter Blake/Cortesia Vintage Festival
A nova versão da capa de "Sgt Pepper's Lonely Hearts Club Band", feita por Peter Blake

Para festejar seu aniversário de 80 anos, o artista plástico Peter Blake recriou a lendária capa do disco dos Beatles, "Sgt Pepper's Lonely Hearts Club Band".

''É uma cruz que eu carrego, o fardo com o qual eu tenho de lidar'', afirma Blake sobre a obra original, que marcou sua carreira.

Siga o iG Cultura no Twitter

É uma admissão forte, algo surpreendente de Sir Peter Blake, que desenhou a capa do álbum de 1967 dos Beatles.

''O que me deixa vagamente deprimido é que fiquei conhecido como 'Peter Blake - que fez a capa de Sgt Pepper', quando eu, na verdade, fiz muito mais. De vez em quando, eu esqueço disso, mas acabo sempre sendo lembrado'', afirma.

Mais surpreendente ainda é que Blake resolveu deixar de lado sua mais célebre obra naquele que é considerado por muitos o melhor disco dos Beatles, para criar um novo pôster para marcar tanto seu 80° aniversário como o Vintage Festival, um evento que vai celebrar a música, moda, dança e artes visuais britânicas desde a década de 20 até os anos 80, organizado pelo designer Wayne Hemingway.

Ouça músicas dos Beatles no Vagalume

No novo "Sgt Peppper's" saem, por exemplo, as imagens do filósofo Karl Marx, da atriz Marilyn Monroe, do humorista WC Fields e do pai da psicanálise, Sigmund Freud. Eles são substituídos por imagens de Amy Winehouse, os artistas visuais Tracey Emin e Damien Hirst e o guitarristas Eric Clapton.

Beatles ausentes

Para tristeza de muitos os Beatles também estão ausentes na nova versão.

''Não possuo os direitos de imagem. Em parte isso ocorreu porque cometemos um erro na ocasião. Eu e meu agente assinamos um acordo abrindo mão de quaisquer royalties ou copyrights. Por isso, pedimos permissão à Apple Corps - a empresa de gerenciamento dos Beatles -, mas eles não querem ser associados ao que consideram propaganda. É deprimente ainda não poder usar uma imagem que eu criei.''

A Apple Corps ainda não se pronunciou sobre os comentários de Blake.

No lugar dos Beatles e das personalidades da versão original, Blake usou o que chama de ''família, amigos e ícones''. Mas ele conseguiu contornar o veto aos Beatles, incluindo não apenas um, mas três McCartneys, seu amigo de longa data Paul está ali, assim como sua filha, a estilista Stella, e sua irmã, a fotógrafa Mary.

Além deles, há também talentos diversos da Grã-Bretanha, desde nomes ligados à alta gastronomia, como os donos de restaurante Chris Corbin e Jeremy King e chefs, como Delia Smith e Rick Stein; à moda, como Kate Moss e o estilista Paul Smith, ou à música, como o radialista John Peel e o cantor e compositor Paul Weller.

Leia também: Novo musical dos Beatles celebra 50º aniversário do primeiro single

Blake recorda saudoso do primeiro encontro que manteve com uma das pessoas retratadas na nova versão, a cantora Amy Winehouse.

Eles haviam almoçado no luxuoso hotel Savoy, de Londres, e do restaurante foram em seguida para o bar do hotel. ''Acabamos sendo expulsos porque (o cantor) Jamie Cullum estava tocando piano, Amy e eu estávamos cantando em volta do piano e fomos literalmente jogados para fora. Eu gostava muito dela e a admirava muito e fiquei muito triste com o que aconteceu.''

Blake defende outro de seus selecionados para o novo "Sgt. Pepper's", o artista visual Damien Hirst, que tem sido alvo de fortes críticas no cenário artístico britânico.

''Admiro Damien imensamente. Eu acredito que ele acrescentou muita empolgação ao mundo da arte e que seja um artista muito interessante. Dinheiro e riqueza são constantemente temas de seu trabalho e acredito que as pessoas confundem isso com ganância'', afirma.

Visual dos anos 60

O músico Noel Gallagher, que trabalhou com Blake no álbum que traz a coletânea de maiores sucessos do Oasis, se disse ''muito orgulhoso'' de haver sido incluído no novo trabalho.

''Tive a sorte de ir até seu estúdio. Nós éramos fãs de todos os bonecos usados na sessão original de fotos de 'Sgt Pepper's''', afirma.

Gallagher conta que teve sua foto tirada ao lado de uma escultura em gesso do pugilista Sonny Liston e ''fiquei tão boquiaberto ao ver o boneco vestindo a suéter com a frase ''Bem-vindos, Os Rolling Stones'' (da capa original), quanto eu fiquei quando encontrei Ringo pela primeira vez''.

''Para mim, os Beatles, o Who, os Kinks e os Stones foram o som dos anos 1960, o trabalho de Sir Peter é a representação visual de tudo isso. Quando eu vejo sua arte pop, ouço os Beatles. Ele é tão importante quanto a música.''

O Vintage Festival, que marcará os 80 anos de Peter Blake, mistura a moda, música e arte feita na Grã-Bretanha desde 1920 até 1980 e está sendo realizado no Boughton Estate, na próximo à cidade de Kettering, condado de Northamptonshire, de 13 a 15 de julho deste ano.

    Leia tudo sobre: sgt. pepperspeter blakebeatles

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG