Courtney Love agora diz que cinzas de Kurt Cobain não foram roubadas

Redação iG Música |

Acordo Ortográfico

Quatro meses depois de dizer que estava pensando em se matar por causa do roubo das cinzas de Kurt Cobain, Courtney Love voltou atrás e declarou, através de seu porta-voz, que os restos mortais de seu falecido marido ainda estão em seu poder.

Em entrevista ao site Gigwise, o porta-voz Alan Nierob disse que a casa de Love realmente foi roubada no primeiro semestre, mas que os ladrões levaram apenas jóias e roupas.

A declaração foi feita um dia depois da artista plástica australiana Natascha Stellmach ter anunciado que pretendia fumar as cinzas de Cobain, durante uma performance no próximo dia 11.

Stellmach não afirmou como conseguiu as cinzas do cantor. "Isso é confidencial e um pouco mágico. Elas vieram até mim", afirmou a enigmática artista.

Leia mais sobre o Nirvana

    Leia tudo sobre: courtney lovenirvana

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG