Corpo de Zé Rodrix é enterrado em São Paulo

Cantor e compositor morreu na sexta-feira, vítima de um infarto, aos 61 anos

Redação iG Música |

O corpo do cantor e compositor Zé Rodrix, que morreu nesta sexta-feira (22), foi enterrado no início da tarde deste sábado, no cemitério da Vila Alpina, na Zona Leste de São Paulo. O músico tinha 61 anos e sofreu um infarto quando estava em sua casa.

Carioca, o músico foi fundador, no início da década de 1970, do grupo Sá, Rodrix & Guarabyra, precursores do chamado rock rural. Rodrix, inclusive, é compositor de "Casa no Campo", sucesso na voz de Elis Regina, que cita o gênero na letra ("Eu quero uma casa no campo /
Onde eu possa compor muitos rocks rurais").

Rodrix também já tocou com Tavito e com as bandas Som Imaginário e Joelho de Porco. Abandonou Sá & Guarabyra ainda nos anos 1970, mas reencontrou os companheiros na virada do século. Em 2008, durante a Virada Cultural em São Paulo, o grupo tocou na íntegra no Teatro Municipal seu disco de estreia, Passado, Presente e Futuro (1972).

De acordo com a família, quando Rodrix foi levado para o Hospital das Clínicas, já estava morto. "Ele vinha bem de saúde. Vamos esperar agora o resultado médico", relatou Bárbara, uma das filhas do artista. Ele era maçom e seu corpo foi velado na Grande Loja Maçônica do Estado de São Paulo, na Liberdade.

    Leia tudo sobre: zé rodrix

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG