Corpo de Michael é encaminhado para autópsia

A família Jackson ainda não revelou seus planos para o funeral do cantor

Redação com agências internacionais |

O corpo do astro do pop Michael Jackson já foi encaminhado para a autópsia na manhã desta sexta-feira. O cantor morreu no fim da tarde de ontem após sofrer uma parada cardíaca em sua casa em Los Angeles. A família Jackson ainda não revelou seus planos para o funeral do cantor.

A autópsia deverá determinar a causa exata da morte de Jackson e seus resultados iniciais são esperados para o fim da tarde de hoje, mas, de acordo as autoridades, é provável que as conclusões só sejam divulgadas em algumas semanas uma vez que a definição da causa da morte terá de esperar pelos resultados de exames toxicológicos. Esses testes vão determinar se o cantor tinha drogas, álcool ou medicamentos em seu organismo.

Uma equipe médica foi enviada à residência do artista às 12h21 (hora local) e encontrou-o sem respirar. No local, os paramédicos fizeram uma massagem cardíaca para reanimar o artista. Ele foi levado rapidamente para o hospital da Universidade da Califórnia (UCLA), onde uma equpe médica tentou revivê-lo durante uma hora. Ele foi declarado morto às 14h26 local e sua morte foi confirmada oficialmente pelo legista-chefe do Estado, Fred Coral.

O cantor se apresentou no Brasil em 1993, quando fez dois shows, no Rio de Janeiro e em São Paulo. Você viu alguma dessas performances? Mande seu relato para o Minha Notícia  ou para o Videomensagem .

Na ocasião do aniversário de 50 anos do cantor, em agosto do ano passado, o iG preparou um especial com biografia, fotos, músicas e curiosidades sobre o cantor. Clique na imagem abaixo para acessar:



Retorno aos palcos

Michael Jackson tinha 50 anos e se preparava para o retorno aos palcos após mais de dez anos sem se apresentar ao vivo. Em declarações à imprensa, o porta-voz do artista e advogado da família Jackson, Brian Oxman, mostrou-se preocupado com as excessivas doses de remédios que cantor vinha tomando para entrar em forma e preparar-se fisicamente para a árdua temporada de 50 shows que faria na O2 Arena, em Londres.

"Michael aparecia nos ensaios algumas vezes, ele tentava duramente estar apto a fazer esses ensaios", disse Oxman sobre as preparações de Jackson para uma série de 50 shows que ele começaria a fazer em Londres a partir de julho.

"O uso que ele fazia de medicamentos estava atrapalhando, as lesões que ele teve enquanto atuava, onde ele quebrou uma vértebra e a perna ao cair no palco, estavam atrapalhando", disse Oxman à CNN.

A Polícia de Los Angeles já teria aberto uma investigação para esclarecer o ocorrido, apesar de não existirem indícios de um crime. Detetives da divisão de homicídios fizeram buscas na casa de Jackson, no bairro de Holmby Hills, em Los Angeles, mas alertaram que a investigação é um evento "corriqueiro".

    Leia tudo sobre: michael jackson

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG