Cordel do Fogo Encantado chega ao fim

Vocalista Lirinha decidiu deixar a banda

iG São Paulo |

A banda pernambucana Cordel do Fogo Encantado chegou ao fim. Em comunicado oficial divulgado nesta quarta-feira (24), o produtor do grupo, Antonio Gutierrez, informou que o fim foi motivado por decisões pessoais do vocalista José Paes de Lira, o Lirinha.

De acordo com o comunicado, a banda não vai mais gravar discos ou se apresentar ao vivo. No entanto, ainda serão lançados um CD e um DVD ao vivo, com o material gravado no show realizado em Recife no último dia 14 de fevereiro.

Veja abaixo o texto em que Lirinha anuncia o fim do Cordel do Fogo Encantado:

"Com a permissão dos Encantados, sempre:

Anuncio a minha saída da banda Cordel do Fogo Encantado.

São 14 anos de trabalho ininterrupto (11 anos de banda e 3 anos de peça teatral de mesmo nome).

O grupo que é independente desde a sua origem, com integrantes do sertão de Pernambuco (Arcoverde) e do Morro da Conceição (Recife) se tornou uma das bandas mais ativas do cenário de shows da música brasileira. Isso aconteceu com a total entrega dos participantes e a verdade da mensagem emitida.

É com muita dificuldade que redijo essa informação, devido ao imenso amor que eu sinto pelo público e pelos meus companheiros/guerreiros do projeto.

Revelo, por respeito aos que me acompanham, a minha vital necessidade de trilhar novos caminhos.

Ajudei a desenvolver um dos espetáculos mais originais da cultura pop do país e é com esse sentimento de orgulho que sigo em frente.

Com a certeza de que o fogo da nossa poesia e da nossa música nunca se apagará e que nossa força é infinita.

Abraço forte,

José Paes de Lira, Lirinha."

    Leia tudo sobre: cordel do fogo encantado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG