Cantor ofendeu jornalista que havia feito crítica negativo a seu show

Cee Lo Green
Getty Images
Cee Lo Green
O cantor Cee Lo Green se defendeu, em entrevista à US Magazine, das acusações de que seria homofóbico, depois de atacar uma jornalista no twitter. Andrea Svensson havia feito uma crítica negativa a um show do músico.

"Será que você é gay? E minha masculinidade ofendeu você? Bom, vá se f****r", escreveu o cantor em seu twitter. Detalhe: Svensson é uma mulher. Após ter recebido uma série de respostas negativas ao que escreveu, Green decidiu apagar o  tweet.

Na entrevista à US Magazine, o cantor tentou se explicar e afirmou que a frase deveria ser encarada com "humor". "Mas as pessoas não gostaram, aparentemente", disse.

Green ainda negou que tenha qualquer tipo de preconceito contra gays. "Sou um dos artistas mais liberais que você pode encontrar e tenho orgulho de ser assim".

Na mesma entrevista, o cantor ainda revelou que o Gnarls Barkley, dupla que ele forma junto com o produtor Danger Mouse, já está trabalhando em seu terceiro disco .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.