Cat Power emociona público em São Paulo

Cantora se apresentou no Via Funchal neste sábado

Augusto Gomes |

Chan Marshall conseguiu se superar. Em sua terceira passagem pelo Brasil, a cantora que atende pelo nome de Cat Power conseguiu juntar os melhores aspectos de suas duas passagens anteriores pelo Brasil, e fez um dos melhores shows de 2009. O público que lotou o Via Funchal, em São Paulo, neste sábado, saiu extasiado. A turnê termina neste domingo, com uma performance na Arena HSBC, no Rio de Janeiro.

Fotoshow: veja imagens do show de Cat Power no Via Funchal

A apresentação, na superfície, foi bastante parecida com a que Marshall fez há dois anos, quando foi uma das atrações do Tim Festival 2007. Afinal, ela estava acompanhada da mesma banda, a excelente Dirty Delta Blues, e boa parte do repertório foi semelhante. Mas o show teve uma densidade emocional comparável aos de 2001, ano em que passou pelo Brasil pela primeira vez.

O show começou com uma densa versão de "Houve of the Rising Sun", grande sucesso do The Animals nos anos 60. A primeira música deu o tom da noite: canções de outros autores, retrabalhadas de modo personalíssimo por Marshall. Exatamente como ela fez em seus dois últimos trabalhos, o álbum Jukebox e o EP Dark End of the Street , ambos lançados no ano passado.

De suas próprias composições, não houve quase nada. Mas o pouco que se ouviu foi espetacular: três músicas do grande disco The Greatest , de 2006 ("The Greatest" e "Lived in Bars", tocadas juntas, e uma fantástica "The Moon", já no bis), e mais versões impressionantes de "Metal Heart" e "I Don't Blame You" (a última antes do bis). As cinco estiveram entre os momentos mais aplaudidos da noite.

Outros pontos altos foram as covers de "Lost Someone" (James Brown), "She's Got You" (Patsy Cline) e "Ramblin' (Wo)man" (Hank williams), entre outras. Enfim, um show memorável, com Chan Marshall em grande forma vocal e acompanhada de uma banda afiadíssima, em que se destacou o grande baterista Jim White.

Quando a última música, "Angelitos Negros", terminou após quase duas horas de show, Chan ainda permaneceu mais alguns minutos no palco. Distribuiu flores para a plateia, autografou álbuns, doou cópias do setlist, recebeu presentes, e apertou a mão de dezenas de pessoas.

Neste domingo, ela se apresenta no Rio de Janeiro. O show acontecerá na Arena HSBC, a partir das 20h. Ainda há ingressos disponíveis e eles custam entre R$ 80 e R$ 320. Depois de se apresentar no Brasil, Cat Power segue para o Chile e canta em Santiago no próximo dia 21.

    Leia tudo sobre: cat power

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG