Cansei de Ser Sexy se apresenta no Brasil antes de viajar aos EUA

Banda toca hoje em São Paulo, no primeiro show fora de festivais desde 2006

Agência Estado |

undefined
O grupo Cansei de Ser Sexy, ou CSS
Hoje começa a fase três do Cansei de Ser Sexy. A banda, que começou como uma piada interna de uma turma de meninas sob olhares carrancudos de críticos sem humor, hoje é um dos grupos brasileiros mais bem-sucedidos no exterior. E depois de dois discos, começa a mostrar como será seu 2011 no primeiro show que a banda faz fora de festivais no Brasil desde 2006, hoje, no Clash Club, na Barra Funda, em São Paulo.

O CSS, como é conhecido no exterior, lançou-se no mercado em 2003, usando a internet como principal plataforma – a título de curiosidade, no início, possuía um único MP3 e cinco fotologs. Nasceu no meio de um grupo de meninas ligadas ao mundo da moda e foram organizadas pelo músico Adriano Cintra, que já tinha construído sua reputação no underground paulistano em bandas como Thee Butchers' Orchestra, I Love Miami e Ultrasom. Adriano assumiu a bateria e domou a espontaneidade das garotas de tal forma que, em pouco tempo, elas eram uma banda de verdade, ainda que de dance music.

Foi um dos artistas que ajudaram a gravadora Trama a consagrar seu site de bandas iniciantes, o Trama Virtual, que mais tarde viraria um selo com CDs físicos. Por esse caminho, a banda foi colocada ao lado dos principais artistas da primeira década do século, passou a tocar nos maiores festivais do mundo e ganhou capas de revistas de moda e de música.

Desde que começou sua carreira no exterior, a banda só voltou para o Brasil em férias, quando passou por uma montanha-russa de emoções, principalmente devido a problemas com o antigo empresário, que deram o tom amargo do segundo disco, "Donkey", de 2008. Mas se os problemas se refletiram nas composições, eles não atrapalharam a maratona de shows feita pela banda, disposta a consagrar o nome que havia conquistado nos últimos anos. Nesse período, se apresentaram duas vezes no Brasil, apenas em festivais, no Planeta Terra de 2007 e no SWU do ano passado.

A apresentação no Clash contará com algumas músicas novas, além do repertório já conhecido, com hits como "Move", "Let’s Make Love and Listen to Death from Above" e "Alala". A banda se apresentou no fim de semana passado no Chile, quando também mostrou uma música nova. O show de hoje é encarado como o início dos trabalhos no ano. No próximo dia 15, o CSS começa uma turnê de um mês e meio pelos Estados Unidos, fazendo dupla com a banda Sleigh Bells, mas ainda cogita uma turnê pelo Brasil. As informações são do Jornal da Tarde.

Serviço – Cansei de Ser Sexy . Quinta-feira (07), às 23h. Clash Club (Rua Barra Funda, 969), São Paulo. Tel.: (11) 3661-1500. Ingressos a R$ 60

    Leia tudo sobre: cansei de ser sexycssbanda brasileiroclash club

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG