Britney Spears leva a Londres estética circense

Princesa do pop volta a plena forma em um espetáculo de alta voltagem

EFE |

Britney Spears levou a Londres todas as luzes e cores da apresentação de sua turnê "Circus", que confirma que a "princesa do pop" volta a plena forma, em um espetáculo de alta voltagem.

Suspensa de um trapézio circular e vestindo roupa de inspiração sadomasô e óculos escuros, Britney se apresentou diante dos cerca de 20 mil fãs que foram à O2 Arena da capital britânica com "Circus", música que dá nome ao último álbum da cantora.

A estrela protagonizou um espetáculo impregnado do começo ao fim com a estética circense e no qual a cenografia cuidada e o vestuário - Britney trocou de roupa mais de dez vezes - se transformaram no principal alicerce.

De fato, os acrobatas, palhaços e ilusionistas protagonizaram um imenso espetáculo que ajudou a esconder os pontos fracos de Britney, que já não tem a agilidade do começo da carreira.

Muitas vezes também parecia que a estrela cantava com o auxílio de playback.

A exceção é "Everytime", a única balada do show que, cantada ao vivo, serviu de pano de fundo para que a americana cumprimentasse o público e lembrasse como ficava "feliz" toda vez que ia a Londres.

Britney também interpretou músicas do disco novo como "Womanizer" ou "Piece of me", que misturou com clássicos como "Toxic" ou "I'm a slave for you".

Do primeiro disco a única música cantada foi "Baby one more time", talvez com a intenção de deixar para trás o passado.

    Leia tudo sobre: britney spears

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG