Britney Spears faz segundo e último show no Brasil nesta sexta

Veja os dez momentos mais marcantes da carreira da cantora, que se apresenta em São Paulo

Augusto Gomes, iG São Paulo |

Há dez anos, ela era a maior estrela do pop mundial. Há cinco, sua carreira parecia acabada por causa do excesso de álcool e drogas. Agora, ela está recuperada e de volta ao topo das paradas. E, após uma década, está de volta ao Brasil.

Fábio Rossi / Agência O Globo
Britney Spears no Rio de Janeiro
Britney Spears só completa 30 anos daqui a duas semanas, no dia 2 de dezembro, mas já tem uma carreira digna de veterana. Com 30, por exemplo, Madonna ainda não havia lançado nem "Like a Prayer" nem "Erotica". "Ray of Light" só veio quando ela tinha quase 40.

AE
Fãs aguardam abertura dos portões do Anhembi
Nesta sexta (18), Britney faz o segundo e último show de sua turnê brasileira. A apresentação acontece na Arena Anhembi, em São Paulo, a partir das 22h. Já há fãs na fila há algumas semanas.

Saiba como foi o primeiro show no Brasil, foi na última terça (15), no Rio de Janeiro .

Ainda há ingressos para o show. Eles custam R$ 225 (pista comum) e R$ 600 (pista premium). A Arena Anhembi fica na Avenida Olavo Fontoura, 1209, em Santana.

Depois de cantar em São Paulo, ela segue para Argentina, Chile, Peru, Colômbia e Venezuela.

Relembre os melhores e os piores looks da carreira de Britney Spears

É a primeira visita da cantora ao Brasil desde janeiro de 2001, quando ela foi uma das atrações do terceiro Rock in Rio.

Naquela época, ela ainda era a sensação adolescente que alardeava sua virgindadade. Hoje, é um exemplo de superação no pop.

Veja abaixo dez momentos marcantes da carreira de Britney Spears

Estrela adolescente
O primeiro disco de Britney Spears, "...Baby One More Time", foi lançado em janeiro de 1999, quando ela tinha apenas 17 anos. Foi um sucesso imediato, estreando em primeiro lugar na parada americana e vendendo 10 milhões de cópias em um ano. Os números tornaram a cantora a adolescente de maior sucesso da história da música pop.

A virgindade
Desde o seu primeiro clipe (também intitulado "...Baby One More Time", em que ela dança com um ousado uniforme de colégio) Britney misturava inocência e sexo. O fato de combinar provocação (a capa da revista Rolling Stone de abril de 1999, por exemplo, provocou protestos) com a declarada virgindade foi garantia de presença na mídia.

I'm a Slave 4 U
A sensualidade sempre fez parte da imagem de Britney, mas ninguém estava preparada para o clipe de "I'm a Slave 4 U", primeiro single de seu terceiro disco, "Britney". Nele, a cantora aparece com um figurino ainda mais diminuto e dançando de forma ainda mais ousada. Foi o início da fase super sexual da artista.

Getty Images
Britney Spears e Madonna
A cobra
Uma das performances mais comentadas da carreira da cantora foi no MTV Video Music Awards de 2001. Na ocasião, a cantora subiu ao palco com uma cobra albina sobre os pontos, para cantar "I'm a Slave 4 U". A apresentação foi um sucesso, mas rendeu protestos de organizações de defesa dos animais.

O beijo em Madonna
Dois anos depois da performance da cobra, Britney voltou a provocar no MTV Video Music Awards. Ela e sua rival Christina Aguilera interpretaram "Like a Virgin" junto com Madonna, de quem as duas eram fãs. No final da música, ambas beijaram Madonna na boca. Mas só Britney foi captada pelas câmeras. A cena foi manchete no mundo inteiro.

Casamento relâmpago
O primeiro sinal que alguma coisa não ia bem com Britney foi em 2004. No dia 3 de janeiro daquele ano, ela se casou com um colega de infância, Jason Allen Alexander, em Las Vegas. A união, no entanto, foi anulada depois de menos de três dias. Os dois alegaram entenderem o que faziam na ocasião.

Reprodução
Britney de cabeça raspada
A cabeça raspada
A pior época de Britney foi em 2006 e 2007. Nessa época, ela estava na mídia não por sua música, mas por seu divórcio de Kevin Federline (com quem havia casado em setembro de 2004), bebedeiras com as amigas e calcinhas à mostra. Em fevereiro de 2007, veio o fundo do poço: ela raspou a cabeça e atacou fotógrafos.

A volta
Em outubro de 2007, quando a opinião geral era que a carreira de Britney estava acabada, ela lançou seu quinto disco, "Blackout". O álbum foi gravado após temporadas da cantora em clínicas de reabilitação e vendeu mais de três milhões de cópias em todo o mundo. Os problemas com drogas ainda continuaram, mas ela pelo menos havia voltado a gravar.

Perda da guarda dos filhos
No início de 2008, a cantora perdeu a guarda de seus dois filhos, Sean Preston e Jayden James, depois que a polícia descobriu que ela continuava usando drogas. As crianças ficaram em poder de seu ex-marido, enquanto ela teve que se internar numa clínica de reabilitação novamente. Em setembro, ela retomou o direito de visitar os filhos.

Leia também: Britney Spears relaxa na piscina do hotel no Rio

A volta ao Brasil
Dez anos após se apresentar no Brasil pela primeira vez, Britney Spears está de volta ao país. Os shows fazem parte da turnê de seu sétimo álbum, "Femme Fatale". A cantora disse em diversas entrevistas considerar esta a melhor turnê de sua carreira. Depois de passar por América do Norte, Europa e Ásia, os shows chegaram à América do Sul em novembro.

    Leia tudo sobre: Britney Spears

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG