Bono estreia como colunista do New York Times

Vocalista do U2 ganha espaço no jornal nova-iorquino, onde também disponibilizará podcast

EFE |

O cantor Bono, da banda U2 e também conhecido internacionalmente por seu ativismo político e humanitário, escreverá no próximo domingo sua primeira coluna no New York Times, anunciou o jornal nova-iorquino.

O músico britânico, de 48 anos, também gravará um podcast para ser disponibilizado no site da publicação, que não detalhou a periodicidade das colaborações nem os temas que serão abordados.

"Nunca fui muito bom com os pontos e as vírgulas", brincou Bono em comunicado de imprensa, no qual qualificou seu novo trabalho como "uma honra".

Para o responsável editorial do periódico, Andrew Rosenthal, Bono "é um homem extraordinário que reflete com afinco sobre sua arte e os assuntos sérios que enfrenta o mundo", algo que, segundo o jornalista, estará refletido na coluna.

Nos últimos anos, Bono se destacou pelo ativismo comprometido com os mais desfavorecidos, especialmente na África, o que lhe valeu duas indicações consecutivas, em 2005 e 2006, ao Prêmio Nobel da Paz.

Quando o New York Times anunciou a colaboração do cantor, em outubro, Kathy McKiernan, porta-voz da Campanha ONE, organização humanitária criada por Bono, afirmou que ainda não tinha ficado decidido se o astro receberia pela coluna.

"Se assim for, o dinheiro será doado a causas beneficentes", acrescentou.

    Leia tudo sobre: bonou2

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG