Bono diz que U2 é banda de comediantes que viraram roqueiros

Astro fez a declaração em Buenos Aires, onde se apresenta nesta quarta-feira

EFE |

Os membros do U2 "se sentem comediantes que tomaram a rota do rock", disse Bono, líder da banda irlandesa, que nesta quarta-feira fará o primeiro de seus três shows na Argentina, após ter passado pelo Chile .

"Estou com ciúmes porque os comediantes tomaram o antigo papel dos roqueiros: dizem as coisas que ninguém dizia", declarou Bono em declarações publicadas nesta quarta-feira por vários jornais de Buenos Aires, cujos jornalistas foram convidados para um almoço com a banda.

Bono e o guitarrista The Edge afirmaram que a banda tem "muita química" com a Argentina, onde já tocaram em três ocasiões, e revelaram que a banda está junta há 35 anos porque é formada por amigos. Os músicos confirmaram que representantes das Mães da Praça de Maio subirão ao palco do show que darão na quarta-feira no Estádio Único da cidade de La Plata, a 60 quilômetros da capital argentina.

"Nossa relação é muito consistente. Éramos amigos antes de a banda se tornar profissional e, após isso, o U2 se sustentou através dos anos graças à amizade, que é nossa arma secreta", disse The Edge. "O que é revolucionário agora não é o mesmo que quando nós começamos. Acho que nossa banda chegou com um primeiro álbum que era uma ode à inocência", declarou Bono.

Bono sustentou que "o pior" de ser "uma estrela de rock" é "viver fechado e julgar um lugar pela qualidade" do serviço de quartos dos hotéis. "Com a Argentina temos química. Nós nos apaixonamos por este país por sua beleza", revelou. Centenas de fãs acampam nos arredores do estádio onde o U2 tocará, enquanto milhares de pessoas trabalham para deixar tudo pronto para o show de quarta-feira, no qual são esperadas 70 mil pessoas.

    Leia tudo sobre: U2música

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG