Beyoncé é recordista de vendas da década nos EUA

Entre 2000 e 2009, cantora vendeu mais do que Michael Jackson e The Eagles

EFE |

A estrela pop Beyoncé se tornou a artista que mais vendeu música durante a década passada nos Estados Unidos, à frente de Michael Jackson e do grupo The Eagles, informou a Associação Americana da Indústria Fonográfica (RIAA, na sigla em inglês).

A cantora, que recentemente arrastou multidões em apresentações no Brasil, obteve no total 64 certificações de ouro e platina pela comercialização de discos, músicas, videoclipes, toques para telefones celulares e downloads legais pela internet entre 2000 e 2009.

Beyoncé foi seguida pelo grupo The Eagles, que conseguiu 48 certificações, enquanto o "rei do pop", que morreu em junho do ano passado, ficou com o terceiro lugar, com 44.

A cantora country Taylor Swift superou Beyoncé em vendas na internet, enquanto Britney Spears foi a artista feminina que mais recebeu prêmios pela venda de seus álbuns.

O rapper Kanye West foi o artista masculino que teve mais canções vendidas, título que foi para o Linkin Park entre os grupos.

"Temos desafios, mas a nova década nos traz razões para a esperança e o otimismo. O apetite pela música é mais forte do que nunca, e o terreno para a inovação é incrível", disse o presidente da RIAA, Mitch Bainwol.

Em 2008, a Associação comemorou o 50º aniversário da concessão de sua primeira canção de ouro, "Hard Headed Woman", de Elvis Presley.

    Leia tudo sobre: beyoncéindústria fonográfica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG