Baterista de jazz Joe Morello morre aos 82 anos

Músico fez sucesso nos anos 50 e 60 tocando com o The Dave Brubeck Quartet

EFE |

Divulgação
Joe Morello na capa do CD "Going Places" (1993)
Joe Morello, o baterista do The Dave Brubeck Quartet, um dos grupos de jazz mais populares dos anos 1950 e 1960, morreu no sábado, 12, aos 82 anos, em sua casa de Irvington (Nova Jersey, EUA.), informou neste domingo a imprensa local.

Morello, que cresceu em Springfield (Massachusetts) e teve problemas de visão desde seu nascimento, aprendeu a tocar violino antes de se dedicar à bateria. Após se mudar para Nova York em 1952, tocou com várias lendas do jazz, entre elas Phil Wood, Stan Kenton e Gil Melle, e gravou com os guitarristas Tal Farlow e Jimmy Raney.

No entanto, foi por sua atuação como baterista do The Dave Brubeck Quartet que Morello ganhou fama. Inicialmente se uniu ao grupo para uma breve turnê, mas no final de 1956 se transformou em um membro do quarteto, cujo maior sucesso foi "Take Five" de seu álbum "Time Out" de 1959, que incluía um solo inesquecível de Morello.

Tocou no grupo até a dissolução do quarteto - que era formado ainda por Dave Brubeck, Paul Desmond e Eugene Wright - no final de 1967. Morello voltou a tocar bateria esporadicamente nos anos 1970 e 1980, inclusive junto a Brubeck em 1976 e 1985. Durante os anos 1990, teve seu próprio grupo, que incluía o saxofonista Ralph Lalama.

    Leia tudo sobre: Joe MorellojazzbateriaThe Dave Brubeck Quartet

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG