Banda volta atrás e nega morte de porco em disco

Britânicos do Gallows dizem que ñunca entraram num matadouro para gravação

Redação iG Música |

O grupo britânico Gallows voltou atrás e desmentiu o fato de ter gravado num matadouro o som de um porco morrendo que foi utilizado em seu próximo disco, Grey Britain.

Durante uma entrevista à NME a banda havia confirmado que não via problemas na gravação, pois o suíno morreria de qualquer jeito.

Agora, depois que o grupo de defesa dos animais PETA soltou uma mensagem afirmando que a gravação tornaria muitos fãs do Gallows vegetarianos, a banda desmentiu a entrevista afirmando que retirou o som da internet.

"Nós jamais machucaríamos um animal em nome da música. O som foi retirado da internet. Nós não queremos chatear nossos fãs, que consideramos inteligentes o suficiente para entender que não matamos um porco ou qualquer animal na gravação do novo disco", disse a banda.

    Leia tudo sobre: gallows

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG