Banda do ator Wagner Moura lança CD

Grupo Sua Mãe toca pós-punk e "música superpopular brasileira" em São Paulo

iG São Paulo |

O verso de Milton Nascimento "todo artista tem de ir aonde o povo está" resume bem a ideia de quem monta uma banda no Brasil. Entretanto, em 1992, quando o ainda iniciante ator Wagner Moura decidiu montar o grupo Sua Mãe - com seis amigos da faculdade, de Salvador -, a frase de Milton teimava em ser subvertida a cada apresentação do septeto. Nascidos no epicentro da "ditadura do axé", o Sua Mãe nadava contra a corrente. Em vez de Banda Eva e Chiclete com Banana, o grupo se alimentava de The Cure e The Smiths.

Divulgação
O grupo Sua Mãe com Wagner Moura

"Nossos shows eram memoráveis. Mesmo tendo apenas dez pessoas por apresentação", lembra Wagner, hoje considerado um dos maiores atores do País. Artista de várias facetas no teatro, cinema e TV, ele mostrará amanhã e no próximo sábado, o cantor que esteve sempre na periferia das suas prioridades. "Foi sempre uma grande diversão e nunca nossa prioridade. Mas quando a banda completou 15 anos, decidimos gravar uma demo com as nossas melhores músicas", conta. "Essa demo acabou se transformando nesse disco, o The Very Best of the Greatest Hits . Nele, colocamos canções que foram gravadas, muitas vezes, quando estávamos bêbados", declara ele.

 O ator e agora cantor diz que até chegou a negociar com uma grande gravadora, mas que desistiu depois de ler o contrato. "Constava que deveríamos gravar mais três discos. Como não temos um compromisso profissional com o grupo, imaginei que nosso próximo disco poderia ser gravado só daqui a 18 anos". Por isso, decidiram bancar do próprio bolso a empreitada. "Essa mini turnê por Salvador, São Paulo e Rio de Janeiro, incluindo mais uns shows corporativos, está sendo realizada para levantarmos uma grana", diz.

Nas apresentações que a Sua Mãe fará no Studio SP, além das faixas do disco, quatro covers entrarão no repertório como forma de explicar de onde nasceu o som do grupo: "O Côncavo e o Convexo", de Roberto Carlos, "Creep", do Radiohead, "Tortura de Amor", de Waldick Soriano, e "Em Plena Lua de Mel", de Reginaldo Rossi.

A "música superpopular brasileira", como chama Wagner Moura - em vez de "música brega" -, veio do toca-discos dos pais do ator. Já o pós-punk de Cure, Smith e Joy Division, era uma forma de se opor à ditadura do axé.

Sua Mãe - Studio SP (450 lug.). R. Augusta, 591, Centro. Tel.(011) 3129-7040. Amanhã e dia 15 (sábado), à 1h. Ingresso: R$ 35. Venda antecipada no tel. (011) 4003-1212. www.studiosp.org.

    Leia tudo sobre: Sua MãeWagner Moura

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG