Balzaquianos, Backstreet Boys fazem show lotado em São Paulo

No fim da turnê brasileira, nostalgia uniu fãs de diferentes gerações da boy band

Gustavo Abreu, iG São Paulo |

Jorge Rosenberg/iG
Backstreet Boys: coreografias desajeitadas e fora de forma, mas com hits enfileirados
Os Backstreet Boys, mais uma vez, realizaram o sonho de milhares de garotas, na noite de ontem. O grupo apresentou em São Paulo, em um Credicard Hall lotado por 7 mil pessoas, o show da turnê "This Is Us". Este foi último da passagem pelo Brasil, que também teve escalas em Recife, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília ( saiba como foi o show ).

Veja a galeria de fotos do show dos Backstreet Boys em São Paulo

Um palco simples recebeu os quatro integrantes, um a menos da formação original, que apareceram por trás de um telão. Apenas um DJ comanda o instrumental do show, todo baseado em samples originais das músicas que fizeram tanto sucesso desde o final dos anos 1990, com percussão eletrônica.

A performance começou pontualmente com um dos maiores hits da banda, "Everybody". Logo nos primeiros acordes, os bombeiros já tiveram que atender uma garota desmaiada, que saiu carregada do local. Os fãs aproveitaram a oportunidade para desejar parabéns a Brian Littrel, que no último dia 20 completou 36 anos, e agradeceu o carinho, emocionado.

Apesar de não serem mais "garotos" - o mais novo deles, Nick Carter, tem 31 anos -, eles até arriscam coreografias, mas mostram pouco entrosamento. A boa forma do quarteto não é mais a mesma: agora eles são Backstreet Balzaquianos. O vocalista AJ, que recentemente passou pela rehab para tratar seu problema com álcool e cocaína, está visivelmente distante da turma da rua de trás.

Jorge Rosenberg/iG
Brian Littrel: aniversário no Brasil
O show seguiu com os maiores sucessos do grupo como "We've Got It Goin' On", "Quit Playin' Games (With My Heart)", "All I Have to Give" e o ponto alto do show, "As Long As You Love Me" - mas sem a dança das cadeiras, que ficou famosa no videoclipe.

Enquanto os fãs na faixa dos 25 anos se emocionavam com as músicas dos primeiros álbuns, os mais jovens se divertiram com os lançamentos recentes, como "Bye Bye Love" e "Bigger".

Já no final da apresentação, eles entraram no palco com roupas futurísticas para cantar e dançar o hit "Larger Than Life", um dos únicos que ganhou nova leitura, em um medley com direito a "Seven Nation Army", da finada banda The White Stripes.

O quarteto saiu do palco e voltou para o bis com seu maior sucesso, "I Want It That Way", seguido do single recente, "Straight Through My Heart".

    Leia tudo sobre: backstreet boyscredicard hallboy band

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG