Baixista do U2 processa ex-assessora em milhões

Adam Clayton demitiu funcionária após descobrir gastos com seus cartões

Redação |

Adam Clayton, baixista da banda U2, abriu um processo milionário contra Carol Hawkins, sua ex-assessora que, de acordo com o músico, teria desviado £1.6 milhões de suas contas bancárias.

Clayton conseguiu congelar os bens da ex-funcionária após ela ter gasto o dinheiro em propriedades, como um apartamento em Nova York, além de jóias e carros.

De acordo com o jornal irlandês Irish Independent, o baixista requereu o pedido temendo que a moça gastasse todo o dinheiro. Adam teria dito também que a despediu no mês passado após ouvir uma confissão de que a ex-funcionária havia desviado parte de suas economias, tendo inclusive gasto seus cartões de débito e crédito.

O caso será julgado hoje em Dublin, na Irlanda.

    Leia tudo sobre: adam claytonu2

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG