Baixista do Black Sabbath fala sobre o câncer de Tony Iommi

Geezer Butler disse que a decoberta do linfoma foi uma surpresa, mas que a banda segue trabalhando na composição do novo álbum

iG São Paulo |

Geezer Butler, baixista do Black Sabbath, declarou que a descoberta do câncer no guitarrista da banda, Tony Iommi, foi uma surpresa, e escreveu em seu site oficial que 'isto (o câncer de Tony Iommi) nos deu um chute no traseiro - é ótimo ouví-lo produzindo riffs novamente. É preciso mais que isso para parar Tony. Não posso esperar para que vocês ouçam nossos novos trabalhos, tem sido demais trabalhar nessse material'.

Siga o iG Cultura no Twitter

Butler revelou também que as gravações do novo álbum começaram, no estudio caseiro de Iommi, na Inglaterra, e que longe de estar deprimido com o diagnóstico do linfoma, o guitarrista vem participando ativamente do processo de criação, tendo inclusive escrito duas novas músicas para o disco, ainda sem nome mas previsto para o segundo semestre.

E continuando, agradeceu as mensagens de apoio que vem recebendo em seu site, dizendo que elas dão a Tony amor, coragem e boas vibrações, e que ajudam não só a ele, mas toda a banda, elevando seus espíritos e lhes restaurando a fé no mundo.

Veja letras e ouça músicas do Black Sabbath

O Black Sabbath, que segundo o site da revista Billboard cancelou sua participação no Coachella Festival, permanece com a agenda de shows para o verão europeu.

    Leia tudo sobre: black sabbathtony iommicâncergeezer butler

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG