Back2Black: público empolga mesmo sem Prince e ganha surpresa de Caetano

Chaka Khan, Oumou Sangare, Jorge Ben Jor e Caetano Veloso são as estrelas da noite de sábado (27)

Priscila Bessa, iG Rio de Janeiro |

Claudia Dantas
Chaka Khan empolgou o público alternando baladas e músicas dançantes
Apesar da desistência de Prince , que cancelou sua participação três dias antes do evento, o segundo dia do festival Back2Black , na Estação Leopoldina, Centro do Rio de Janeiro, foi marcado pela animação do público que compareceu em peso. Às 21h45 de sábado (27), a cantora malinesa Oumou Sangare abriu a noite no palco principal Estação Oi. Acompanhada de sua banda, ela entoou canções como “Kaini Woula”, “Kounadya” e “Djaraby Nene” e, apesar da barreira da língua, conseguiu fazer com que a platéia não só dançasse como cantasse o refrão de suas músicas.

“Estou arrasada por não falar português e, tampouco, falo bem o inglês, mas estamos muito felizes de estar aqui”, disse ela, numa mistura de inglês e francês. Até então uma desconhecida para a maior parte do público, Oumou usou de seu carisma e do ritmo dançante de suas músicas para interagir. “Essa canção é muito importante para mim e gostaria que vocês cantassem comigo. É sobre casamento a força”, explicou Oumou, mostrando uma de suas marcas registradas: a luta contra casamentos arranjados especialmente entre crianças.

Após a apresentação da cantora malinesa, às 23h, Jards Macalé e Qinho tomaram conta da cena no palco Compacto Petrobras. A apresentação da dupla serviu para aquecer ainda mais o público para a grande atração da noite, a cantora americana Chaka Khan, que se apresentou no palco principal.

"Garota má"

O show começou às 23h30 e teve 1h10 de duração. Chaka Khan abriu a apresentação fazendo referência à igualdade racial. “Estamos aqui por uma causa maravilhosa. Somos todos irmãos e irmãs”, afirmou ela, que cantou diversos hits como “ I Feel For You ” e “ Tell Me Something Good ”. “Essa é minha música favorita”, avisou Khan, antes de apresentar “ My Funny Valentine ”. Em transe, o público fez coro durante quase todas as letras cantadas por ela, que não economizou nos agudos. Bem-humorada, a cantora brincou com a potência de sua voz. “Muito bom, hein?”, disse Khan, enquanto interpretava “ Everlasting Love ”.

Antes de cantar “ Angel ” ela relembrou a época em que compôs essa música, há sete anos atrás, e estava “muito doida”. “Mas não fico mais assim”, comentou. Sob a luz de isqueiros acesos por parte da plateia, ela também contou que “era uma garota má” porque “pegava a estrada”, ficava fora por duas semanas e deixava as duas filhas com a mãe. “Elas me ligavam, mas eu nunca atendia”, completou. Khan encerrou a apresentação às 0h40 com “ I´m Every Woman ” levando o público ao delírio.

Claudia Dantas
Zeca e Caetano Veloso assistem a apresentação de Moreno Veloso

No outro palco, Moreno Veloso e Domenico começavam sua apresentação com direito a Caetano Veloso na plateia. Discreto, o cantor e pai de Moreno se misturou ao público e conseguiu assistir ao show do filho até o final sem ser incomodado. Apesar da discrição, Caetano era dos mais empolgados: cantou todas as letras e dançou com um grupo de amigos a maior parte do tempo. “Adorei. O lugar é lindo e tudo está muito bem organizado. Gostei do show que assisti dos africanos, depois vim aqui ver o Qinho, voltei para o palco principal para ver a Chaka Khan, e aí vim ver o Moreno com o Domenico e o Pedro Miranda”, contou Caetano ao iG . “O som de lá não vaza para cá e nem o daqui para lá”, elogiou ele, se referindo aos dois palcos usados para os shows. E completou: “Fiquei feliz porque gostei muito do show e pude vir ver meu filho”.

Claudia Dantas
Ao lado de Jorge Ben Jor, Caetano Veloso faz participação surpresa no festival
Dueto

Entretanto, essa não foi a única “surpresa” programada por Caetano. À 1h40 Jorge Ben Jor deu início ao último shows da noite no palco principal embalando o público com sucessos como “ Os Alquimistas Estão Chegando ”, “ Que Pena ”, “ Fio Maravilha ” e “ País Tropical ”. Na metade do espetáculo Caetano entrou no palco para espanto da plateia. O baiano fez uma reverência a Jorge Ben Jor antes de dividir os vocais com o cantor em “ Ive Brusse l”. Ben Jor também teve a companhia de Will Calhoun, baterista da banda dos anos 90 Living Color que se apresentara mais cedo com Oumou Sangare, em “ Ponta de Lança Africano ”.
Ben Jor encerrou a programação de shows às 3h30 com “ A Bando do Zé Pretinho ”. Em seguida, no palco Circo, os DJ´s Eduardo Christoph e Diogo Eeis (da Festa Moo) e Badenov (da Festa Combo) se apresentaram fechando a segunda noite do festival.

No domingo (28) os principais destaques do evento são Aloe Blacc e Seu Jorge. Acompanhe os shows ao vivo no Oi Acontece .

Claudia Dantas
Jorge Ben Jor encerrou a segunda noite de shows do festival

    Leia tudo sobre: back2blackchaka khanoumou sangarejorge bencaetano

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG