Após 11 anos, Queensrÿche emociona fãs em show em São Paulo

Thiago BeGOD Vilela |

Aconteceu em São Paulo na última sexta-feira o último show da passagem do Queensrÿche pelo Brasil. O grupo que antes tocou em Belo Horizonte e Curitiba levou quase 4.000 pessoas ao Credicard Hall para ver a apresentação que começou exatamente as 22:15 com "Best I Can", de 1990, seguida das mais antigas "NM 156" e "Screaming in Digital".

Veja as fotos do show.

O crédito dessa noite foi para o inspiradíssimo vocalista Geoff Tate, que está com uma bela voz. Ele fez belas narrativas em cada breaks e cada parada era esperada e escutada com muita atenção.

O destaque da primeira parte do show foi a música "Neon Knights", cover de Black Sabbath que todos cantaram juntos. Apesar de a banda ficar devendo mais músicas de seu maior clássico, o álbum Operation: Mindcrime , ela voltou para o bis com Mike Stone empunhando um cavaquinho. Com o instrumento, ele tocou um pedaço de nosso hino nacional e a música "Brasileirinho". Para quase encerrar a apresentação, o grupo mostrou na sequência "Lady Wore Black", "Empire" e "Take Hold of the Flame".

O show acabou com "Silent Lucidity", faixa que não podia faltar e que veio após declarações de amor de Geoff: esse que é um dos maiores clássicos do rock mundial é também a música que ele mais gosta. A platéia veio ao delírio e a cantou inteira com muita emoção.

Confira o set list do show em São Paulo:

"Best I Can"
"NM 156"
"Screaming in Digital"
"Hostage"
"The Hands"
"Brigde"
"The Killing Words"
"Another Rainy Night (Without You)"
"Gonna Get Close to You"
"Walk in the Shadows"
"Neon Knights"
"Last Time in Paris"
"Breaking the Silence"
"Anybody Listening?"
"Jet City Woman"
"Eyes of a Stranger"
"The Lady Wore Black"
"Empire"
"Take a Hold of the Flame"
"Silent Lucidity"

Leia mais sobre Queensrÿche .

    Leia tudo sobre: queensrÿche

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG