Ao estilo mulher fatal, Britney Spears se apresenta para 20 mil pessoas no Rio

Cantora pop enroscou fã com as pernas e acabou ganhando um beijo em uma delas. "O cheiro é doce e suave", disse o sortudo

Anderson Dezan, iG Rio de Janeiro |

Fábio Rossi / Agência O Globo
Britney Spears enroscou suas pernas em um fã durante sua apresentação no Rio de Janeiro
Dez anos foi o tempo de espera pelo retorno de Britney Spears ao Brasil. Quando se apresentou em 2001 no Rock in Rio 3, a cantora pop tinha 19 anos e começava a dar adeus à fase “mocinha virgem e romântica” que marcou o início de sua carreira. Uma década depois, já mãe de dois filhos e após altos e baixos na vida pessoal e profissional, ela segue o perfil mulher sedutora e provocante no palco. E foi assim, ao estilo “Femme Fatale” (nome de seu último álbum e de sua turnê) que Britney Spears se apresentou na noite desta terça-feira (15) para cerca de 20 mil pessoas na Praça da Apoteose, no Rio de Janeiro.

Fábio Rossi / Agência O Globo
E acabou ganhando um beijo de Getúlio Cavalcanti em uma delas
A chuva que atingiu o local uma hora antes do show deu uma trégua e o espetáculo começou pontualmente às 21h. Um vídeo exibido nos telões mostrou a cantora sendo perseguida e, ao final dele, ela apareceu no palco com um maiô cravejado de brilhantes cantando "Hold It Against Me". Na segunda música, "UP N´Down", Britney surgiu presa em uma jaula ao lado de um dançarino, atiçando-o com rebolados e olhares provocantes.

Ouça todos os sucessos de Britney Spears

O estilo fatal prosseguiu com sucessos como "Three" e “Piece of Me”. Em “How I Roll”, no entanto, ela deixou a provocação um pouco de lado e partiu para algo mais lúdico. Só que o cenário que misturava carro rosa, dançarinos com roupas coloridas e desenhos inocentes no telão não agradou e esfriou um pouco o público. Mas Britney Spears não deixou a situação ficar morna. Em “Lace and Leather”, ela chamou ao palco um fã, algemou-o e o enroscou em suas pernas, causando histeria.

O rapaz aproveitou a oportunidade e tascou um beijo. “Fui o primeiro brasileiro a beijar a perna da Britney. O cheiro dela é doce e suave”, comemorou Getúlio Cavalcanti, de 19 anos, que veio de Teresina (PI). Ele foi escolhido pela produção após pedir incessantemente para Jason Trawick, namorado da artista, através do Facebook.

Retorno ao passado

O show prosseguiu com outros sucessos, como a sensual “Gimme More”, até que Britney fez um breve retorno ao passado com “Don´t Let Me Be The Last To Know”, de seu segundo álbum. A cantora interpretou a música sentada em um balanço suspenso e o público a acompanhou. Do baú de sucessos antigos também foi resgatado um trecho de “Baby One More Time”, primeiro hit de sua carreira, que iniciou a última parte da apresentação.

Nessa etapa, por sinal, a cantora foi sacando sem descanso um sucesso atrás do outro: “Trouble For Me”, “I´m a Slave 4 U”, “Womanizer”. Mas foi “I Wanna Go” que transformou a Praça da Apoteose em uma grande festa. Todos os setores cantaram e dançaram junto, dez fãs foram chamados ao palco e Britney ainda apareceu com uma bandeira do Brasil.

O bis trouxe “Toxic” e “Till The World Ends”, que teve a direito a panfletos levados por fãs com a inscrição “oh” para acompanhar o refrão da música, deixando a cantora pop gratamente surpresa. Assim como todo o show, a apresentação foi encerrada com muitas coreografias sensuais, ainda que algumas com pouco gingado e pouca agilidade. Mas deve-se levar em conta que Britney em breve vai fazer 30 anos. Em uma década, ela virou uma mulher fatal, mas o fôlego adolescente de outrora ficou para trás.

*com informações de Luísa Girão, iG Rio de Janeiro

    Leia tudo sobre: britney spearsfemme fatale tour

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG