"Amy achava que era invencível", diz Janis Winehouse

Mãe da cantora quebra o silêncio e fala sobre o alcoolismo da filha em entrevista

iG São Paulo |

A mãe da cantora Amy Winehouse , Janis, disse em entrevista ao jornal britânico Daily Mail que a filha, encontrada morta em sua casa no dia 23 de julho passado, "achava que era invencível".

Acesse o especial Amy Winehouse

De acordo com o inquérito divulgado pela polícia de Londres, Amy teve uma "morte acidental" por excesso de álcool - o que, de acordo com sua mãe, foi causado em parte por sua recente abstinência.

"Acho que não apenas o álcool matou Amy, mas o fato de ela pesar menos de 44 quilos e ter apenas 1,52 metro”, disse. "Seu corpo não conseguiu lidar com aquela quantidade de bebida após três semanas de abstinência. Foi a falta de coerência: parar e começar de novo".

Siga o iG Cultura no Twitter

Janis também afirmou que a cantora, que tinha 27 anos, agia como uma garotinha que não conseguia resistir ao desejo de colocar o dedo no ventilador, mesmo sabendo do perigo. "Não penso por um segundo que ela sequer pensou que poderia morrer ou que as drogas e o álcool poderiam matá-la. Amy achava que era invencível".

Leia também: Amy Winehouse achava que 'viveria para sempre', afirma seu pai

Nesta segunda-feira (31) foi revelado que o álbum póstumo da cantora, "Lioness: Hidden Treasures" , terá 12 faixas entre canções raras, covers e sobras de estúdio - inclusive uma versão em inglês de "Garota de Ipanema".

    Leia tudo sobre: amy winehousejanis winehouse

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG