"Ai Se Eu Te Pego", com Michel Teló: a música do ano no Brasil

Faixa tem mais de 94 milhões de visualizações no YouTube e bateu recorde no site; conheça a história da canção

Augusto Gomes, iG São Paulo |

Jorge Rosenberg/iG
Michel Teló
Os versos "Nossa, assim você me mata / Ai, ai se eu te pego" são os mais cantados em todo o Brasil neste 2011. Culpa do cantor Michel Teló, que lançou a música "Ai Se Eu Te Pego" em julho e, desde então, domina as paradas do país.

Em apenas quatro meses, o clipe, gravado ao vivo em Curitiba, já bateu a marca de 145 milhões de visualizações no YouTube. É o recorde para um vídeo de música brasileira no site.

"Ai Se Eu Te Pego" ultrapassou fronteiras. No final de outubro, virou notícia na Europa depois que o craque Cristiano Ronaldo dançou a coreografia da canção para festejar um gol do Real Madrid.

Desde então, a dança virou mania entre os jogadores do velho continente. No dia 29 de novembro, chegou à Inglaterra: o brasileiro Lucas repetiu os passos com Maxí Rodriguez e Sebastián Coates ao comemorar um gol do Liverpool. Ainda no futebol, "Ai Se Eu Te Pego" é a música preferida de Neymar .

A música também chegou ao aristocrático mundo do tênis: na festa da Espanha pela conquista da Copa Davis, o tenista número 2 do mundo, Rafael Nadal, dançou "Ai Se Eu Te Pego" ao lado dos companheiros de equipe David Ferrer, Feliciano López e Fernando Verdasco.

Ao iG , Michel Teló confessou estar surpreso. "Não tem como esperar algo assim. Ultrapassou tudo o que eu imaginava que pudesse acontecer", afirma o cantor. "Vi que a música é a mais baixada em Portugal, na Espanha, na Itália... Cara, é maravilhoso isso."

nullApesar de lançada na internet em julho, "Ai Se Eu Te Pego" só ficou disponível em novembro, quando chegou às lojas o CD e DVD ao vivo "Michel na Balada", que Teló gravou neste ano em São Paulo, Curitiba, Floripanópolis, Ribeirão Preto e Goiânia.

Divulgação
Sharon Acioly
O que pouca gente sabe é que "Ai Se Eu Te Pego" tem uma origem antiga. A primeira versão da música apareceu no final de 2007 em Porto Seguro, no litoral sul da Bahia. A responsável é Sharon Acioly, animadora do Axé Moi (um palco montado na praia de Porto Seguro) e também autora de outro grande sucesso, o funk "Dança do Quadrado".

"Tudo começou com uma animação de palco que eu fazia. Não tinha nem a música ainda, era só o refrão com uma batida de funk", conta a autora ao iG . Os versos "Nossa, assim você me mata / Ai, ai se eu te pego" eram cantados por Sharon para chamar seus dançarinos. Na época, a canção foi apelidada de "Funk do Nossa" e foi registrada por Sharon com o nome de "Assim Você Me Mata".

Veja letras e ouça músicas de Michel Teló

Aí foi a vez de outro compositor, Antonio Dyggs, entrar em cena. Ele ouviu o funk de Sharon numa viagem a Porto Seguro e achou que aquilo poderia se transformar num forró. Ao voltar à sua cidade, Feira de Santana (também na Bahia), começou a trabalhar em cima daquele refrão - o resultado foi a primeira versão de "Ai Se Eu Te Pego", finalizada em 2008.

A composição virou música com a banda Meninos de Seu Zeh, empresariada por Dyggs. "Na época, a letra era diferente. Em vez de 'sábado na balada', eles cantavam 'sábado na Kabana', que é a casa noturna que eu tenho aqui em Feira de Santana", explica o compositor. A canção foi um sucesso regional e atraiu a atenção de um grupo de forró de Salvador, o Cangaia de Jegue.

nullCom o Cangaia, "Ai Se Eu Te Pego" transformou-se num sucesso na Bahia em 2010, e então atraiu a atenção de outro grupo, o Garota Safada, do Ceará. Veio então a terceira versão da música, que foi tocada em todo o Nordeste e foi um dos grandes sucessos do São João deste ano. Foi só ali, em junho, que a canção chegou aos ouvidos de Michel Teló e de seu irmão e empresário, Teófilo.

Jorge Rosenberg / iG
Michel Teló
Segundo Antonio Dyggs, foi Teófilo quem percebeu que a música tinha potencial para conquistar o país. O vocalista do Canguaia de Jegue, Norberto Curvêllo, acredita que a aposta que não tinha como dar errado. "Foi um sucesso fácil. Nós já havíamos testado na Bahia", ri. "Se você comparar a nossa versão com a do Michel, verá que elas são quase iguais."

Qual o segredo de tanta popularidade? Segundo o produtor Carlos Eduardo Miranda, "Ai Se Eu Te Pego" é "música de reprodução". "É uma canção para o pessoal sair, dançar e depois fazer filho", ri. "É a grande tendência da música brasileira atualmente. Nesse sentido, o novo sertanejo é igual a funk ou forró: é tudo música para fazer filhinho."

"Ai Se Eu Te Pego" em inglês?

Após tomar conta do Brasil e começar a dominar a Europa, o próximo passo é a América do Norte. Michel Teló vai gravar uma versão em inglês de seu sucesso. "Desistimos de fazer em espanhol porque ela já está estourada em português mesmo", conta. "No momento, meu irmão está nos Estados Unidos acertando uma turnê por lá. Espero fazer em fevereiro ou março, se tudo der certo".

Enquando ainda saboreia o sucesso de "Ai Se Eu Te Pego", Teló já tem outro hit: "Eu Te Amo e Open Bar" , que toca em festas e rádios pelo país.

Sobre a faixa, Teló diz: "Essa música é uma brincadeira. É eletrônica, bem diferente de tudo o que eu costumo fazer. Mas, como o DVD se chama 'Michel Teló na Balada', ela encaixa". Ele achou engraçado ao descobrir que alguns fãs já apelidaram a música de "housenejo". "Housenejo? É, pode ser".

    Leia tudo sobre: Michel TelósertanejoAi Se Eu Te Pegomúsica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG