"Gangnam Style" completa dois anos: O que mudou na vida do cantor Psy?

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Clipe da música do artista sul-coreano é o mais visto da história da internet superando 2 bilhões de visualizações

Nascido em 31 de dezembro de 1977, na Coreia do Sul, Park Jae-sang, conhecido como Psy, tornou-se um fenômeno pop com a música "Gangnam Style", que completa dois anos de seu lançamento. A faixa foi lançada no EP "Psy 6 (Six Rules) - Part 1", em 15 de julho de 2012.

O cantor coreano Psy se apresenta na festa de Ano Novo da Times Square, em Nova York, 2012. Foto: Getty ImagesPsy canta o hit 'Gangnam Style' para multidão em Paris. Foto: AFPO sul-coreano Psy em evento de gala em Los Angeles. Foto: APO secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, e o cantor Psy dançam juntos. Foto: ReutersO sul-coreano Psy, em apresentação em Nova York. Foto: APO sul-coreano Psy, em apresentação em Nova York. Foto: APO sul-coreano Psy, em apresentação em Nova York. Foto: APO sul-coreano Psy, em apresentação em Nova York. Foto: APO sul-coreano Psy, em apresentação em Nova York. Foto: APO sul-coreano Psy, em apresentação em Nova York. Foto: AP

Notadamente, o clipe é um fenômeno na carreira deste artista de k-pop e hip hop sul-coreano - além de ser uma marca na história da internet como um todo. Suas visualizações no YouTube somam mais de dois bilhões, sendo o primeiro clipe hospedado na plataforma a alcançar tamanha repercussão.

Psy entrou para o Guinness Book, o livro dos recordes, quando o vídeo atingiu 1 bilhão de visualizações, ainda em 2012. O clipe de "Gangnam Style" também ganhou menções no livro dos recordes por ter sido o vídeo "mais curtido" da história do YouTube (mais de 8,5 milhões de "curtir").

Divulgação
Psy dança 'Gangnam Style'

Não demorou muito para que o cantor alcançasse outra marca na plataforma, em 2013, com o single "Gentleman". O clipe dessa canção também entrou para o Guinness Book como o vídeo mais visto em um período de 24 horas desde seu lançamento (38,4 milhões de visualizações durante o período citado).

No Facebook, seu perfil soma mais de 12 milhões de "likes", sua conta no Twitter tem mais de três milhões de seguidores e o Instagram segue "modesto", com "apenas" 196.505 seguidores - e contando.

Siga o iG Cultura no Twitter

Em depoimento à Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, o cantor disse que o sucesso da música foi "acidental". "'Gangnam Style' não é normal. Não é padrão. Foi um acidente e essas coisas não acontecem com frequência." Acidental ou não, Psy vem se dedicando a criar um hit há mais de 10 anos, e investiu na carreira com ainda mais disciplina quando foi para os Estados Unidos, já adulto.

"Se não fosse pelo Queen (tocando) em Wembley, eu não seria um pop star. Quando estava crescendo, eu via Freddie Mercury tendo todos aqueles fãs nas mãos dele. Ele era o melhor", disse Psy em entrevista ao The Sun sobre suas primeiras referências musicais.

Reprodução/Youtube
Psy no clipe de 'Hangover' com Snoop Dogg

Psy mentiu para a família, que acreditava que ele estudava administração na Universidade de Boston, nos Estados Unidos, quando resolveu trocar de curso e ir para a conceituada Berklee, faculdade especializada no ensino de música. Quando os pais descobriram, deixaram de mandar dinheiro para o filho, que começou a se autoproduzir e compor com mais frequência.

Leia mais: Psy lança clipe de "Hangover" com participação de Snoop Dogg

Sem obter retorno das produtoras musicais que procurava, Psy percebeu, por influência de um amigo músico com quem dividia a casa, que a internet poderia fazer o trabalho de promoção de suas músicas autorais. Apesar de ter demorado um pouco ("Gangnam Style" está no sexto trabalho de estúdio de Psy), o método funcionou. 

Depois do sucesso de "Gangnam Style", Psy continuou a trabalhar novos singles como "Oppa Is Just My Style" (2012) em parceria com a cantora sul-coreana de k-pop Hyuna; "Gentleman" (2013) e uma parceira com o rapper Snoopy Dogg em "Hangover" (2014).

O próximo single deve ser lançado ainda em agosto e se chama "Daddy", uma colaboração com G-Dragon, cantor de hip hop e k-pop sul-corerano. No clipe, o garotinho que aparece no vídeo de "Gangnam Style", e que ficou conhecido como "Little Psy", participa novamente.

Segundo a revista Forbes, com o sucesso de "Gangnam Style" Psy teve uma renda bruta US$ 40 milhões (aproximadamente R$ 91 milhões) em 2012, somando-se as vendas do single em formato digital e os anúncios publicitários que acompanham o vídeo no YouTube.

Além de ter alcançado o recorde com mais de 2 bilhões de visualizações, Psy também conseguiu outro feito inédito com "Gangnam Style": ser o primeiro artista nascido e criado na Ásia a entrar para a lista de músicos que tiveram um single com mais de um milhão de cópias vendidas no Reino Unido.

Psy, 37 anos, é o 129º artista a alcançar a marca e está na mesma lista que inclui nomes como Elton John, Beatles e Queen.

Leia tudo sobre: Gangnam StylePsymúsica

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas