Grupo de hip hop Ao Cubo, que tem clipe com Neymar, fala sobre lançamento de DVD

Por Susan Souza , iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

"Década" marca 10 anos de carreira; Integrante fala ainda sobre parceria com jogador no clipe de "Nasci Pra Vencer"

O grupo paulistano Ao Cubo, especializado em hip hop, celebra 10 anos de trajetória com o DVD "Década" (Sony Music), gravado em show para 20 mil pessoas no Memorial da América Latina, em São Paulo. "Quando as pessoas que assistiram à gravação me encontram, elas falam que foi histórico", diz ao iG o integrante Feijão.

Divulgação
Ao Cubo lança DVD 'Década'

O DVD tem a participação de membros da tribo tupiniquim, da orquestra Musitá, além de Irmão Lazaro, Thalles Roberto e Dexter. 

Siga o iG Cultura no Twitter

"O hip hop sempre é bem visto na comunidade. A gente dá o recado da periferia para o governante e para as outras classes também. Falamos que a nossa voz é a voz da periferia, a voz de quem não tem voz", conta o artista sobre a ligação do grupo com a música e com projetos sociais.

Amigos de Neymar

Formado por Dona Kelly, Cleber, Feijão e DJ Fjay, o Ao Cubo relembra como conheceu Neymar Jr., jogador da seleção brasileira e do Barcelona, que participou do clipe da música "Nasci Pra Vencer".

Divulgação
Ao Cubo

"Quando o pai do Neymar se encontrou com a gente, ele falou que estava cansado de falar de dinheiro, que era raro alguém falar sobre um projeto social e de como a imagem do filho poderia ajudar."

O grupo apresentou ao pai do jogador uma lista de projetos sociais dos quais participa, além de convidar o atleta para estrelar o clipe.

"O Neymar ouvia Ao Cubo na concentração", conta Feijão, que descobriu a informação pelo pai do jogador, à época ainda no Santos.

Com o convite aceito, algumas cenas foram gravadas na casa do atleta. "Ele estava bem tranquilo, de chinelo ainda. O Neymar é tímido, mas ficou descontraído para gravar o vídeo", relembra.

O clipe também tem a presença do atleta do vôlei Serginho, da cantora e apresentadora Priscila Alcantara e do rapper Thaide.

Feijão comenta o quanto deve estar sendo difícil para o atleta o afastamento precoce da seleção por causa da contusão que sofreu no jogo contra a Colômbia.

"A gente vê o quanto ele esperava para defender o Brasil. Ele joga pela sensação de jogar, pela molecagem que é jogar. Deve ser pesado ver acabar o sonho de parceria que ele tinha nesse Mundial."

Leia tudo sobre: Neymarao cubomúsicacopa 2014copa do mundo

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas