Rosanah canta seu "hino" na Virada Cultural, empunha guitarra e aposta em covers

Por Susan Souza , iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Intérprete da música "O Amor e O Poder (Como uma Deusa)" apresentou-se no palco do largo do Arouche neste sábado (17)

No Brasil, a cantora paulistana Rosana é a intérprete mais famosa de "O Amor e o Poder", música também conhecida por "Como Uma Deusa", por causa da frase do refrão. A versão se popularizou por aqui na voz da artista, no ano de 1987, quando entrou para a trilha sonora da novela "Mandala".

Rosanah apresenta-se na Virada Cultural de 2014. Foto: Edu CesarRosanah apresenta-se na Virada Cultural de 2014. Foto: Edu CesarRosanah apresenta-se na Virada Cultural de 2014. Foto: Edu CesarRosanah apresenta-se na Virada Cultural de 2014. Foto: Edu CesarRosanah apresenta-se na Virada Cultural de 2014. Foto: Edu CesarRosanah apresenta-se na Virada Cultural de 2014. Foto: Edu CesarRosanah apresenta-se na Virada Cultural de 2014. Foto: Edu CesarRosanah apresenta-se na Virada Cultural de 2014. Foto: Edu CesarRosanah apresenta-se na Virada Cultural de 2014. Foto: Edu CesarRosanah apresenta-se na Virada Cultural de 2014. Foto: Edu CesarRosanah apresenta-se na Virada Cultural de 2014. Foto: Edu CesarRosanah apresenta-se na Virada Cultural de 2014. Foto: Edu CesarRosanah apresenta-se na Virada Cultural de 2014. Foto: Edu CesarRosanah apresenta-se na Virada Cultural de 2014. Foto: Edu CesarRosanah apresenta-se na Virada Cultural de 2014. Foto: Edu CesarRosanah apresenta-se na Virada Cultural de 2014. Foto: Edu CesarRosanah apresenta-se na Virada Cultural de 2014. Foto: Edu Cesar

Desde então, a versão brasileira de "The Power of Love" é obrigatória nos shows da cantora, que fez sua estreia nos palcos da Virada Cultural pela primeira vez este sábado (17), em apresentação no largo do Arouche, às 21h. Em 2013, Rosanah se apresentou na Virada Cultural da cidade de Santos, no litoral de São Paulo.

"O Amor e o Poder" esteve no show duas vezes, na abertura e no encerramento, mas não foi tão bem desempenhada no começo do show por conta de problemas técnicos, que atrapalharam a sincronia da cantora e de sua banda de apoio. No bis, ao final do show, foi mostrada sem problemas e levou a plateia a cantar junto em encerramento mais caloroso.

Vestindo uma blusa verde-musgo acetinada que combinava com o esmalte perolado das unhas e com a guitarra de mesmo tom da blusa, Rosanah usou o instrumento para tocar um medley composto por sucessos frequentes em bailes e festas de casamentos, como "Banho de Lua", "It's Raining Men", "La Bamba", "Twist and Shout" e "Whiskey a Go Go", entre outras.

Após a apresentação, já no camarim, quando questionada sobre a importância de seu principal hit até os dias de hoje, Rosanah respondeu que "'O Amor e o Poder' é um hino, não porque eu gravei, não é porque eu sou a porta-voz da música, mas ela é poderosa mesmo."

"The Power of Love" foi interpretada pela primeira vez por Jennifer Rush, em 1985, e regravada por Air Supply, Laura Branigan, Céline Dion, Andrea Bocelli e vários outros cantores. A composição é de Gunther Mende, Mary Susan Applegate, Candy DeRouge e Jennifer Rush.

O show também teve pontos altos com a música "Nem Um Toque", que foi trilha da novela "Roda de Fogo", de 1986. Como poucos, Rosanah é figura constante nas trilhas dos folhetins televisivos, tendo participado de muitas delas ao longo da carreira, como "Caras e Bocas", "Prova de Amor" e "Quatro por Quatro".

Com aparente tranquilidade por parte do público, formado, em sua maioria, por famílias e adultos, o show de Rosanah correu sem tumulto. Pelo mesmo palco passam ainda o cantor brega Falcão (11h30), a funkeira Valesca Popozuda (16h) e Roberta Miranda (18h), entre outros artistas.

Leia tudo sobre: igspvirada culturalrosanahmúsicacomo uma deusao amor e o poder

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas