Aos 75 anos, intérprete de "Disparada" morreu na manhã desta quinta-feira (8), vítima de um infarto agudo do miocárdio

O corpo do cantor Jair Rodrigues está sendo velado na Assembleia Legislativa de São Paulo desde às 19h desta quinta-feira (8). Na manhã de hoje, o artista foi encontrado morto em sua casa na cidade de Cotia, na Grande São Paulo. De acordo com o laudo do IML, Rodrigues sofreu um infarto agudo do miocárdio.

Leia: Morre o cantor Jair Rodrigues
Repercussão: Artistas e personalidades comentam a morte do cantor

O velório realizado na Assembleia Legislativa é aberto ao público. O enterro será às 11h de sexta-feira (9) no Cemitério do Morumbi. O prédio da Assembleia fica na avenida Pedro Álvares Cabral, 201, próximo ao parque do Ibirapuera. Fãs, amigos e familiares do artistas, como o músico Jairzinho, já estão no local.

Dilma Rousseff: "Interpretação de 'Disparada' ainda muito me emociona"

Nascido em Igarapava (SP) em 6 de fevereiro de 1939, Jair Rodrigues de Oliveira era um dos mais populares cantores brasileiros. No início da carreira, nos anos 1950, participou de programas de rádio no interior de São Paulo e de shows de calouros.

Retrospectiva: Veja imagens do cantor Jair Rodrigues

Em 1966, Jair Rodrigues participou do festival da Record com a canção "Disparada", de Geraldo Vandré e Théo de Barros. A música terminou como vencedora do evento, ao lado de "A Banda", interpretada por Nara Leão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.