Cantor britânico voltou ao País com "Follow The Yellow Brick Road" e embalou a noite dos cariocas com clássicos

A abertura da turnê "Follow The Yellow Brick Road" no Brasil mostrou um Elton John incansável, tal qual nos shows que fez no Brasil em 2013. O britânico se apresentou no Rio de Janeiro na noite de quarta-feira (19) para provar que ainda tem fôlego para agitar um público de 10 mil pessoas - o total que preencheu o HSBC Arena - por duas horas e quarenta minutos.

Com 20 minutos de atraso, usando óculos com lentes pink e casacão brilhante, Sir John entrou no palco e surpreendeu pela potência da voz, disposição e simpatia. "Obrigado, Rio de Janeiro", disse em português. "Estou muito feliz em estar aqui", completou em inglês.

No início, a plateia parecia estar tímida, mas bastou John arriscar as primeiras notas no piano e pedir aplausos entre cada música para aumentar a temperatura do ambiente.

Foram quase 30 músicas, entre clássicas e novas. A alternação, inclusive, balanceou momentos altos e medianos do show. Logo no começo, “Bennie and the Jets” e “Candle in the Wind” deixaram a animação no topo. A cada intervalo, John levantava, agradecia ao público e bebia um golinho do que parecia ser água.

Siga o iG Cultura no Twitter

Com 66 anos, a velocidade com que desliza pelas teclas do piano ainda impressiona e arranca aplausos da plateia. Um dos momentos altos foi com “Goodbye Yellow Brick Road”, quando todos os presentes na pista levantaram papelotes retangulares amarelos e dançaram com a música em um tipo de flashmob pré-organizado.

Cantor se apresentou para público de 10 mil pessoas na noite de quarta (19)
Divulgação
Cantor se apresentou para público de 10 mil pessoas na noite de quarta (19)


Na sequência, uma seleção para não deixar ninguém sem cantar: “Rocket Man”, “Hey Ahab”, “I Guess That's Why They Call It the Blues” e “The One”. Com “Skyline Pigeon” e “Don't Let The Sun Go Down On Me”, John foi aclamado de pé pelo público da Arena.

A simpatia foi tanta que o britânico até chamou fã no palco. Um rapaz do gargarejo, de cartaz na mão e camisa do Brasil, ganhou três segundos (o tempo da foto) ao lado do ídolo e seu piano.

Na reta final, “Your Sister Can't Twist (But She Can Rock 'n Roll)” e “Saturday Night's Alright for Fighting” transformaram o local em uma balada (de senhorinhas, em sua maioria, mas uma balada). Até no piano, para arrancar gritos da galera, John subiu.

“Your Song” não poderia faltar, claro. Depois do bis, para encerrar, o cantor falou: “Obrigado, Brasil. Obrigado, Rio. Que povo maravilhoso. Muito obrigado, eu amo vocês. Eu desejo amor, felicidade, que Deus os abençoe, e façam uma ótima Copa do Mundo”, pediu, fechando a noite com “Crocodile Rock” às 0h54.

A turnê "Follow The Yellow Brick Road" ainda tem parada em Goiânia nesta sexta (21), no estádio Serra Dourada; em Salvador (22), na Arena Fonte Nova; e em Fortaleza (26), na Arena Castelão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.