Médico de Michael Jackson terá de pagar 1 euro por "danos emocionais" a 5 fãs

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Beneficiados pela sentença alegaram ter ficado abalados pela morte do ídolo

Reuters

Um juiz francês determinou nesta terça-feira (11) que cinco fãs de Michael Jackson que disseram ter ficado abalados por sua morte recebam um total de 1 euro por "danos emocionais", valor a ser pago pelo médico do cantor, condenado em 2011 por homicídio culposo.

Veja: Todas as notícias sobre Michael Jackson

Michael Jackson na época do Jackson 5. Foto: DivulgaçãoMichael Jackson (centro) com os Jackson 5 em 1972. Foto: APLogo nas primeiras apresentações Michael tornou-se a atração principal do Jackson Five. Foto: ReproduçãoNo início dos anos 1970 o Jackson Five virou fenômeno do pop mundial. Foto: ReproduçãoMichael Jackson no início de sua carreira solo, em 1978. Foto: ReproduçãoO primeiro papel de Michael Jackson no cinema: versão pop do Espantalho em "The Wiz - O Mágico Inesquecível" (1978). Foto: ReproduçãoMichael Jackson e Lionel Richie em foto de 1980. Foto: Getty ImagesMichael ao lado do cantor Frank Sinatra durante a gravação do álbum "L.A. is My Lady" em 1984. Foto: ReproduçãoMichael Jackson e Quincy Jones, em 1984. Foto: APMichael gostava tanto de animais que teve até um zoológico particular e um chimpanzé de estimação chamado Bubbles. Foto: ReproduçãoDepois de Off The Wall, Michael lançou o álbum Thriller, que fez enorme sucesso com os hits "Thriller" e "Billie Jean". Foto: ReproduçãoFãs fazem vigília na estrela de Michael Jackson, na Calçada da Fama, em Hollywood. Foto: Getty ImagesMichael Jackson em cena do clipe "Thriller". Foto: (Divulgação)Michael Jackson ao lado de sua réplica de cera no famoso Museu da Madame Tussauds, em Londres, 1985. Foto: ReproduçãoAinda sem o título de "Rei do Pop", que só viria em 1990, Michael já posa como tal. Foto: ReproduçãoNa década de 1990 Michael ficou amigo do astro mirim Macaulay Culkin, que chegou a participar do clipe da canção "Black or White". Foto: ReproduçãoMichael Jackson jogou basquete e ensinou passos de dança ao atleta Michael Jordan no clipe de "Jam". Foto: ReproduçãoO clipe de "Remember the Time" contou com a participação de Eddie Murphy e a top model Iman. Foto: ReproduçãoMichael Jackson durante a turnê do álbum "Dangerous", que rendeu dois shows históricos realizados em São Paulo. Foto: ReproduçãoSlash, do Guns n' Roses, e Michael Jackson se apresentam no palco do MTV Video Music Awards de 1995. Foto: ReproduçãoO astro durante as gravações do clipe "They Don't Care About Us" nas ruas do pelourinho, em Salvador. Foto: ReproduçãoCantor receberá homanegens de fãs pelo mundo. Foto: Getty ImagesFoto polêmica de Michael Jackson mostra o cantor segurando seu terceiro filho, na sacada de hotel em Berlim, em 2002. Foto: Getty ImagesCena do documentário do jornalista Martin Bashir (direita) em que Jackson disse que dividia a cama com crianças. Foto: ReproduçãoEm dezembro de 2003, as denúncias levaram o Rei do Pop a ser preso, mas o cantor foi libertado após pagar fiança. Foto: ReutersMichael com Britney Spears no MTV Video Music Awards de 2002: agradecimento por um prêmio que não existiu. Foto: ReproduçãoEm entrevista a Oprah Winfrey, Michael afirmou que tinha vitiligo. A entrevista foi assistida por 100 milhões de pessoas. Foto: ReproduçãoMichael Jackson entrega o prêmio Lifetime Achievement Award para James Brown, 2004. Foto: Getty ImagesEm 2005, Michael vai a julgamento suspeito de ter abusado sexualmente de crianças. Foto: ReutersMichael Jackson atrás de Joe Jackson: referências ao pai abusivo permeiam a carreira do músico. Foto: Getty ImagesMichael Jackson comparece ao seu julgamento em Los Angeles, 2005. Foto: ReutersEm Londres, Michael Jackson interpreta o hit "We are the world" durante o World Music Awards em novembro de 2006. Foto: Getty ImagesMichael Jackson durante anuncio da turnê "This is it", 2009. Foto: Getty ImagesMichael Jackson durante ensaios para seu retorno aos palcos. Fotos foram tiradas em maio de 2009. Foto: ReutersCena do ensaio da turnê "This is it". Foto: DivulgaçãoCena do ensaio da turnê "This is it". Foto: - DivulgaçãoCena do ensaio da turnê "This is it". Foto: - DivulgaçãoJoe Jackson, pai do astro, acena para a imprensa e fãs ao deixar a casa da família em Los Angeles a caminho do funeral. Foto: APIrmãos Jackson acompanham corpo de Rei do Pop até palco do Staple Center, onde é realizado o funeral público. Foto: AFPIrmãs de Michael Jackson, Janet e LaToya, consolam os filhos de popstar, Paris e Michael Prince II. Foto: APUsher canta "Gone Too Soon", do próprio Michael, ao lado do caixão do cantor. Foto: Getty ImagesFãs de Michael Jackson fazem vigília. Foto: EFEPrince Jackson, Blanket Jackson e Paris Jackson ao lado da avó, Katherine Jackson, 2011. Foto: Getty ImagesMichael Jackson (1958-2009). Foto: Getty Images

A sentença na cidade de Orleans encerra dois anos de luta de um grupo de 30 fãs franceses, suíços e belgas do cantor pop pelo reconhecimento legal de sua perda.

O médico Conrad Murray foi condenado por homicídio involuntário ao administrar uma overdose do anestésico cirúrgico propofol, que matou o cantor de 50 anos em 2009.

Murray perdeu no mês passado uma apelação contra sua condenação, mas continua em liberdade, depois de ter sido solto em outubro de uma prisão de Los Angeles, após cumprir 2 anos de pena.

"O doutor Murray fica obrigado a pagar 1 euro 'simbólico' ou US$ 1,34, e isso é o que estamos buscando", disse o advogado dos fãs, Emmanuel Ludot. O juiz avaliou os registros médicos encaminhados pelos fãs antes de tomar a decisão, afirmou Ludot.

O advogado disse que a sentença será comunicada a Murray, que não compareceu às audiências e não esteve representado por um advogado, via correio diplomático. E acrescentou: "Mas a luta não era para reivindicar a soma de 1 euro".

Dois dos cinco fãs contemplados são franceses. Pela legislação da França, qualquer cidadão pode apresentar uma queixa contra uma outra parte, mesmo que essa pessoa não seja francesa, nem resida no país.

Os fãs planejam agora entrar em contato com a mãe de Jackson, Katherine, para requisitar sua permissão para visitar o túmulo dele em Glendale, na Califórnia, Estados Unidos.

Leia tudo sobre: michael jacksonmúsica

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas