Álbum de Beyoncé bate recorde de vendas no iTunes e é líder na Billboard

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Lançado de surpresa, disco vendeu 1 milhão de cópias em seis dias no serviço da Apple

Reuters

O mais recente álbum da cantora de R&B Beyoncé, que leva o seu nome, ultrapassou em seis dias a marca de 1 milhão de cópias vendidas em todo o mundo e estabeleceu um recorde para o iTunes, segundo anunciaram Apple e a Columbia Records nesta quarta-feira (18).

Leia também: De surpresa, Beyoncé lança novo disco

"Beyoncé", o quinto álbum solo gravado pela cantora em estúdio, lançado de surpresa nas primeiras horas de 13 de dezembro, sem nenhuma divulgação prévia, contém 14 novas canções e 17 vídeos, e rapidamente chegou ao topo de vendas de álbuns na plataforma iTunes em todo o mundo.

Veja o vídeo da canção "Blue", com imagens no Brasil:

O álbum também estreou nesta quarta-feira no topo da parada semanal de álbuns Billboard 200, com 617 mil cópias vendidas nos Estados Unidos na semana encerrada em 15 de dezembro, de acordo com dados da Nielsen SoundScan.

Siga o iG Cultura no Twitter

O álbum digital deluxe, disponível exclusivamente no iTunes, só pode ser comprado num pacote único de som e vídeos e custa US$ 15,99 (cerca de R$ 37) na loja dos EUA. Uma versão física será colocada à venda antes das festas de fim de ano.

Beyoncé em show no Rock in Rio 2013. Foto: DivulgaçãoShow de Beyoncé em São Paulo. Foto: APBeyoncé radicaliza e corta cabelo no estilo 'Joãozinho'. Foto: Reprodução/InstagranBeyoncé e o marido, o rapper e produtor musical Jay-Z. Foto: Getty ImagesA cantora Beyoncé. Foto: Getty ImagesBeyoncé durante apresentação em São Paulo, 2010. Foto: Marcos Hermes / DivulgaçãoBeyoncé Knowles durante show do Destiny's Child em Londres, 2000. Foto: Getty ImagesBeyoncé (centro) com as colegas do Destiny's Child no MTV Video Music Awards 2000. Foto: Getty ImagesO Destiny's Child no lançamento do álbum "Survivor", Nova York, 2001. Foto: Getty ImagesBeyoncé (centro) com o Destiny's Child no desfile de 2002 da Victoria's Secret, Nova York, 2002. Foto: Getty ImagesBeyoncé se apresenta no BET Awards 2003, Hollywood. Foto: Getty ImagesBeyoncé e Jay-Z no tapete vermelho do Oscar 2005, Hollywood. Foto: Getty ImagesEnsaio de "Alice no País das Maravilhas" de 2007: Beyoncé como Alice, Lyle Lovett como a Lebre e Oliver Platt como Chapeleiro Maluco:. Foto: DivulgaçãoA cantora Beyoncé durante apresentação. Foto: SplashNewsEtta James e Beyonce na premiére de "Cadillac Records", em 2008. No filme a jovem cantora interpreta Etta.. Foto: Getty ImagesBeyoncé como Etta James no filme "Cadillac Records", 2008. Foto: DivulgaçãoA cantora Beyoncé durante apresentação. Foto: Getty ImagesBeyoncé em imagem de divulgação. Foto: DivulgaçãoBeyoncé chama ao palco a injustiçada Taylor Swift no MTV Music Awards 2009. Foto: ReutersBeyoncecom o prêmio de melhor clipe no MTV Europe Music Awards 2009, Berlim. Foto: APA cantora Beyoncé durante apresentação. Foto: Getty ImagesBeyoncé faz pocket show em NY, 2010. Foto: Getty ImagesJay-Z e Beyoncé dividem o palco em 2010. Foto: Getty ImagesRodrigo Faro entrevista Beyoncé em 2011. Foto: DivulgaçãoBeyoncé divulga foto na praia em seu Tumblr, 2012. Foto: ReproduçãoBeyoncé divulga foto na praia em seu Tumblr, 2012. Foto: ReproduçãoBeyoncé divulga foto pessoal em seu Tumblr, 2012. Foto: ReproduçãoBeyoncé com a filha, Blue Ivy Carter, 2012. Foto: DivulgaçãoBeyoncé durante apresentação em Atlantic City, 2012. Foto: Getty ImagesBeyoncé recebe o prêmio de melhor cantora no 2012 BET Awards, Los Angeles. Foto: Getty Images

O lançamento-surpresa do álbum encerra um ano em que Beyoncé, de 32 anos, planejou um retorno cuidadoso ao mundo da música depois de ficar um tempo afastada para ter seu primeiro filho, a menina Blue Ivy, com o marido, o rapper Jay Z. Tanto Blue Ivy como Jay Z são citados como colaboradores no novo álbum e aparecem em vídeos que acompanham o álbum.

Lançar um álbum sem nenhuma divulgação antecipada ou publicidade é algo raro, especialmente para uma das principais artistas da atual indústria da música.

Mas o sucesso de Beyoncé não significa necessariamente que outros artistas possam conseguir copiar com sucesso sua invisível estratégia de lançamento.

Leia tudo sobre: beyoncémúsica

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas