De chuva de louva-a-deus a garrafada d'água: as gafes nos shows de 2013

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Veja vídeos e fotos e relembre os maiores deslizes que aconteceram em apresentações no Brasil neste ano

O ano de 2013 foi forte para shows no Brasil. Repleto de grades festivais, como o Rock in Rio e Lollapalooza, e outras apresentações marcantes, como as turnês de Ozzy Osbourne e Paul McCartney, o saldo foi positivo. Porém, isso não impediu que acontecessem algumas gafes.

MJ Kim/Divulgação
Paul McCartney é atingido pela "invasão de insetos"

O iG selecionou as maiores gafes cometidas em shows em 2013. De garrafada d'água a chuva de gafanhotos, relembre os melhores deslizes do ano. 

1) Chuva de louva-a-deus no show de Paul McCartney em Gôiania
Como parte da turnê "Out There", o ex-beatle Paul McCartney realizou uma trinca de shows no Brasil, em maio. As apresentações seguiram sem maiores problemas em Belo Horizonte e Fortaleza, mas em Goiânia o britânico foi atingido no palco por uma chuva de louva-a-deus. Mas isso não tirou o bom humor do cantor, que apelidou um inseto que pousou em seu ombro de Harold.

2) Justin Bieber é atingido por garrafa d'água e abandona show em São Paulo
Um dos maiores ídolos jovem da atualidade, o norte-americano Justin Bieber veio para o Brasil para duas apresentações, em novembro. A primeira, que aconteceu em São Paulo, acabou de maneira negativa. Irritado, o cantor abandonou o palco antes do previsto depois de ser atingido por uma garrafa d'água. Ele deixou de cantar "Baby", seu maior hit.

3) Fã quase derruba Beyoncé do palco em São Paulo
Em sua segunda passagem pelo Brasil, Beyoncé marcou presença como atração principal do primeiro dia do Rock in Rio. Mas, quando se apresentou em São Paulo, sofreu com o excesso de carinho dos fãs. Enquanto cantava "Irreplaceable", a estrela pop se aproximou do público e um homem sem camisa a agarrou e tentou puxá-la para a plateia, sendo impedido por seguranças.

4) Atraso de duas horas no show com holograma de Cazuza
O show, em dezembro, que "reviveu" Cazuza por meio de hologramas foi uma das apresentações mais comentadas do ano. O cantor voltou aos palcos no mesmo dia que seu pai,  o empresário João Araújo, morreu no Rio de Janeiro. Mas o evento começou no meio de vaias do público. Marcado para começar as 19h, a apresentação só foi ter início as 21h.

5) Rogério Flausino é vaiado em Salvador após falar que baianos não trabalham
Antes de ir ao Rock in Rio, o Jota Quest se apresentou em Salvador, em setembro. Porém, as piadas do vocalista Rogério Flausino não foram bem aceitas pelo público. O cantor exagerou ao dizer que os baianos não trabalham em qualquer dia da semana, não só no domingo, e levou vaias da plateia. O músico tentou reverter a situação e se desculpou, falando que era tudo brincadeira e que amava a cidade.

6) Morrissey cancela apresentações no Brasil
Ex-vocalista da banda The Smiths, Morrissey tinha confirmado três apresentações no Brasil para 2013. Porém, devido a "motivos pessoais", o cantor desmarcou os show não só no País, como também no Chile e na Argentina. Outro possível motivo foi uma intoxicação alimentar que o músico e a banda tiveram, que os fez cancelar apresentações no Peru.

7) O discurso político de Dinho Ouro Preto no Rock in Rio
No segundo dia do Rock in Rio, foi a vez do Capital Inicial subir ao Palco Mundo. Depois de fazer homenagens ao Charlie Brown Jr., que perdeu dois integrantes neste ano, o vocalista Dinho Ouro Preto partiu para um discursso político estranho. “Esse Natan Donadon, cara, esse primeiro presidiário congressista, cara, o próprio congresso, cara, por ter mantido o cargo desse sujeito, falou, cara” foi um dos pontos altos da crítica nonsense.

Leia tudo sobre: showsgafes2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas