Ratt, Gojira e Dr. Sin falam ao iG sobre os shows que farão no Monsters of Rock

Por Susan Souza , iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Evento demorou 15 anos para acontecer novamente em São Paulo; Aerosmith, Whitesnake e Slipknot participam

O festival Monsters of Rock terá sua quinta edição em São Paulo após um hiato de 15 anos. Em 1998, o evento trouxe nomes como Dream Theater, Manowar, Megadeth e Slayer. 

Siga o iG Cultura no Twitter

Em 2013, o festival terá como mestre de cerimônia o simpático apresentador norte-americano Eddie Trunk, conhecido pelo programa de TV "That Metal Show".

No dia 19 de outubro, sábado, passam pelo palco da Arena Anhembi os grupos Slipknot, Korn, Limp Bizkit, Killswitch Engage, Hatebreed, Gojira e Hellyeah.

Já no dia 20, domingo, o festival terá shows dos grupos Aerosmith, Whitesnake, Ratt, Buckcherry, Queensrÿche, Dokken e Dr. Sin.

Steven Tyler durante show na Arena Anhembi. Foto: AgNewsLimp Bizkit. Foto: DivulgaçãoDavid Coverdale, líder do Whitesnake. Foto: MRossi/DivulgaçãoPalco Mundo do Rock in Rio é invadido pelos integrantes do Slipknot. Foto: Agência EstadoO Korn se apresentou nesta quarta-feira no Credicard Hall, em São Paulo. Foto: Luciano Trevisan

Pela primeira vez no Brasil, os veteranos do Ratt prometem um show enérgico: "Vamos passar por vários momentos da carreira, estamos montando diferentes setlists e ensaiando para ter a energia bem alta para esse show", conta ao iG o baterista Bobby Blotzer.

Formado em 1976 na Califórnia, o Ratt é tido como um grupo de glam-metal, denominação que Blotzer desconsidera: "Somos uma banda de hard rock. É ótimo porque funcionamos bem, as pessoas vêm para assistir a esse tipo de grupo", esclarece o músico.

Divulgação
Ratt

O Ratt tem sete discos de estúdio lançados e prepara atualmente um álbum inédito. "Espero que o próximo disco seja tão bom quanto a expectativa." O novo trabalho tem lançamento previsto para meados do ano que vem.

A banda de death metal francês Gojira também é uma atração que vem pela primeira vez ao País. Os fãs do grupo são tão empenhados que chegaram a lançar uma petição online para trazê-los.

Para o show no Monsters, o baterista Mario Duplantier conta que o setlist será curto, porém dedicado a um pouco de cada um de seus cinco discos com destaque para "L'Enfant Sauvage", lançado em 2012.

Divulgação
Gojira

Com o Gojira desde 1996, Mario explica como os integrantes fazem para manter a energia do grupo em alta. "Gostamos das mesmas músicas e dos mesmo assuntos. Tentamos nos comunicar muito porque é fácil deixar que coisas ruins aconteçam. Nossa regra é conversar o tempo todo", conta.

Os brasileiros do Dr. Sin tocaram na primeira edição brasileira do Monsters, que aconteceu em 1994. "Temos várias lembranças lindas do line-up, que tinha grupos como Kiss, Black Sabbath e amigos nacionais. Além de curtir e tocar nós ainda vimos outras bandas", relembra Andria Busic, baixista da Dr. Sin.

Divulgação
Dr. Sin

Com 20 anos de carreira, o Dr. Sin hoje "tem cinco discos a mais para escolher as músicas" em comparação ao show de 1994, explica Busic. O músico ainda adianta os dois convidados que participarão da apresentação no domingo: o vocalista Edu Falaschi (Almah) e o guitarrista Demian Tiguez (Anjos de Resgate).

História

O Monsters of Rock foi originalmente criado na Inglaterra para contemplar o público fanático por bandas de hard rock e metal, no começo dos anos 1980.

Realizado em vários países como Holanda, Espanha, Itália, Alemanha, Argentina Chile e na antiga União Soviética, criou uma marca de rock forte entre os anos 1980 e 1990.

O Brasil recebeu o evento quatro vezes, nos anos de 1994, 1995, 1996 e 1998, pelo qual passaram grupos como Suicidal Tendencies, Black Sabbath, Kiss, Faith No More, Alice Cooper, Skid Row, Iron Maiden, entre outros.

Leia tudo sobre: monsters of rockfestivaleventoigspaerosmithslipknotwhitesnakehattgojiradr sinmúsicabandamaislidas

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas