Black Sabbath mostra hits em São Paulo com performance fofa de Ozzy Osbourne

Por Susan Souza , iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Em duas horas de show, grupo britânico que influenciou a criação do heavy metal tocou clássicos de seus primeiros discos e músicas do novo "13"

Tony Iommi (65), Geezer Butler (64) e Ozzy Osbourne (64) mostraram seu clássico grupo Black Sabbath em São Paulo nesta sexta-feira (11), no Campo de Marte. O público reagiu com empolgação ao repertório trazido pela turnê de divulgação do disco "13", que é o primeiro do Black Sabbath com Ozzy em 35 anos.

A abertura da noite foi feita às 19h40 pelos também veteranos do Megadeth enquanto a maioria do público ainda estava chegando ao local. Já o Sabbath subiu ao palco às 21h05 com a famosa "War Pigs". Da formação original, apenas o baterista é novato. Tommy Clufetos, integrante da banda solo de Ozzy, está em turnê no lugar que era de Bill Ward.

Leia mais: "Há 40 anos era sexo, drogas e rock. Hoje, chá e refrigerante"

Divulgação
Show do Black Sabbath em São Paulo

Sem economizar nas declarações de amor, Ozzy soltou inúmeros "eu te amo" e portou-se como um senhor fofo e sorridente, além de tentar animar a plateia em vários momentos ao pedir para que as pessoas gritassem e "ficassem muito loucas". 

Mesmo com a tratamento de câncer do guitarrista Tony Iommi em andamento, o segundo show da turnê no Brasil (o primeiro foi em Porto Alegre) correu bem e parecia que a reação amistosa da plateia deixou o grupo contente. Era possível ver a banda sorrindo com frequência e aparentemente satisfeita.

O setlist seguiu, sem surpresas, pelo mesmo repertório que o grupo vem apresentando em outros lugares. O show esquentou bastante na sexta música, a dark e tensa "Black Sabbath", e com a faixa "N.I.B.", ambas do disco de estreia da banda, que foram cantadas com empolgação assim como o hit de riffs inconfundíveis, "Iron Man".

Músicas do novo disco também estiveram presentes como "End of the Beginning" e "God is dead?". Com duas horas de show, a trinca final de canções veio com "Dirty Women", "Children of the Grave" e o bis que faltava com a marca do grupo, "Paranoid". Segundo a T4F, o público de São Paulo foi de 70 mil pessoas, com ingressos esgotados.

O Black Sabbath ainda passará por Rio de Janeiro (13) e Belo Horizonte (15), ambos os shows também com ingressos esgotados. Depois do Brasil, o grupo fará shows na Colômbia, Costa Rica, México e Europa.

Leia tudo sobre: black sabbathshowmúsicaresenhaigspmaislidas

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas