Disco clássico do Secos e Molhados faz 40 anos e ganha homenagem

Por Susan Souza , iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

A Banda Mais Bonita da Cidade, Bicicletas de Atalaia e outros nomes participam da comemoração do trabalho mais reverenciado do grupo que revelou Ney Matogrosso

A marca deixada por Ney Matogrosso, João Ricardo e Gerson Conrad com a criação do grupo Secos & Molhados continua a servir de referência artística a novos artistas. Há 40 anos, eles lançavam o clássico disco de estreia, "Secos & Molhados I", um dos álbuns mais célebres da história da música brasileira.

Secos e Molhados. Foto: DivulgaçãoSecos e Molhados. Foto: DivulgaçãoSecos e Molhados. Foto: DivulgaçãoSecos e Molhados. Foto: Divulgação

Em coletânea, 13 bandas da nova geração de artistas brasileiros homenageiam o disco que ousou na mistura de MPB, rock, glam e psicodelia. No projeto, batizado de "Armazém 1973", nomes como Nevilton, Bicicletas de Atalaia e A Banda Mais Bonita da Cidade.

Divulgação
Capa de estreia do Secos e Molhados

Siga o iG Cultura no Twitter

Encaixados no contexto musical do pós-tropicalismo e com vivência na censura do período de ditadura, o disco "Secos & Molhados I" trazia em suas faixas poesias de autores como Vinícius de Moraes e Manoel Bandeira. Algumas músicas chegaram a se tornar símbolos da época, como "Rosa de Hiroshima", escrita por Vinícius e musicada por Gerson Conrad, que serviu de hino aos pacifistas.

"Acho que está havendo uma revisitada natural da música brasileira hoje em dia. Todo mundo está querendo descobrir um pouco mais do passado", conta ao iG Leo Mattos, do Bicicletas de Atalaia, grupo que regravou a faixa "Mulher Barriguda". Ouça todas as músicas do projeto abaixo:

"O Secos & Molhados influenciou bastante gente e continua repercutindo. As pessoas reconhecem o grupo como uma coisa autêntica e brasileira", completou o músico.

Divulgação
Bicicletas de Atalaia

"Os Secos & Molhados são tão geniais, inovaram com uma sonoridade tão específica, tão corajosa e isso é muito lindo. É muito libertador para quem está ouvindo e inspira muito", disse Uyara Torrente, integrante da Banda Mais Bonita da Cidade, grupo que regravou a faixa "Assim Assado".

Divulgação/Reprodução/Facebook
A Banda Mais Bonita da Cidade

O projeto teve a curadoria de Eduardo Araújo e Marcos Xi com realização da RockinPress. Veja abaixo os 13 artistas que participaram da homenagem:

1. Sangue Latino (Mahmundi)
2. O Vira (Daniel Peixoto)
3. O Patrão Nosso de Cada Dia (Phillip Long)
4. Amor (Lucas Vasconcellos)
5. Primavera nos Dentes (Thiago Elnino)
6. Assim Assado (A Banda Mais Bonita da Cidade)
7. Mulher Barriguda (Bicicletas de Atalaia)
8. El Rey (Phill Veras)
9. Rosa de Hiroshima (Nana)
10. Prece Cósmica (Nevilton)
11. Rondó do Capitão (Leo Fressato)
12. As Andorinhas (Ana Larousse)
13. Fala (Maglore)

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas