"Fãs do Sepultura não imaginavam", diz Derrick Green sobre projeto eletrônico

Por Susan Souza , enviada ao Rio de Janeiro |

compartilhe

Tamanho do texto

Maximum Hedrum é a dupla formada por Derrick Green e o produtor musical Sam Spiegel, que se apresenta no palco de música eletrônica no domingo (22)

Esqueça o trabalho de Derrick Green à frente do pesado som do Sepultura. No Maximum Hedrum, atração do palco de eletrônica do Rock in Rio (dia 22, às 23h10), os vocais guturais ficam de lado e o cantor interpreta melodias dançantes de "future funk". "Um furioso Barry White se encontra com um sexy Devo", é como a dupla se definem nas redes sociais.

Maximum Hedrum. Foto: DivulgaçãoMaximum Hedrum. Foto: DivulgaçãoMaximum Hedrum. Foto: DivulgaçãoMaximum Hedrum. Foto: Divulgação

"Começamos o projeto há um ano e meio. Nós nos conhecemos há anos, mas nunca fizemos nada juntos. Um dia rolou uma pequena jam e assim nasceu 'RoboSexual', uma das canções do disco", explica Sam Spiegel ao iG. O produtor, que também é irmão do diretor de cinema Spike Jonze, é o outro braço do projeto.

Spiegel tem currículo como produtor do disco "Show Your Bones", da banda Yeah Yeah Yeahs, e atua no projeto N.A.S.A, que já contou com a colaboração de Kanye West, George Clinton, M.I.A., Tom Waits, RZA e David Byrne. O Maximum Hedrum também tem uma parceria de George Clinton na música "Keep in Touch".

Ainda que bem recebido, os fãs do Sepultura ficam um pouco surpresos com o projeto. "Eles dizem que nunca esperaram por algo assim, acham que é muito diferente e que nunca haviam imaginado", conta Derrick, que ganhou notoriedade no mundo do thrash metal ao substituir Max Cavalera, ex-vocalista do Sepultura, desde 1997.

O som eletrônico vem acompanhado de um figurino de estampas quadriculadas em preto e branco cortadas em terninhos modernos que caracterizam o Maximum Hedrum. "Sempre amei chekerd (estampas quadriculadas) desde que era criança", conta Spiegel.

A dupla começou a apresentar o Maximum Hedrum em Belo Horizonte (Seu Bar, dia 20), passa pelo Rock in Rio no domingo (Palco Eletrônico, dia 22) e segue para Porto Alegre (Beco 203, dia 26). Sam Spiegel faz um DJ set em São Paulo (Yatch Club, dia 27) e por fim a dupla toca em Sorocaba (Asteroid Bar, dia 28).

O Sepultura foi escalado para tocar duas vezes no Rock in Rio 2013. A primeira foi na quinta-feira (19) com os percussionistas franceses do Tambours du Bronx, e a segunda será em parceria com Zé Ramalho, no palco Sunset, também no domingo (22).

O Rock in Rio termina neste domingo e ainda terá Slayer, Avenged Sevenfold e encerramento do grupo Iron Maiden. Ao todo, foram sete dias de festival com 85 mil ingressos vendidos para cada um dos dias. Leia tudo sobre o Rock in Rio aqui.

Leia tudo sobre: rock in riomúsicashowderrick greensam spiegelmaximum hedrum

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas