Dupla fez show no palco Sunset nesta sexta-feira (20)

Esqueça o Ben Harper que dividiu os vocais de "Boa Sorte/Good Luck" com Vanessa da Matta. O Ben Harper que subiu ao Palco Sunset do  Rock in Rio nesta sexta-feira (20) foi o apaixonado por blues e parceiro do mestre Charlie Musselwhite.

Aos 69 anos, Charlie ainda tem fôlego para tirar muito som de suas gaitas e vozeirão para roncar com blues de primeira qualidade. A maioria do público não sabia cantar uma só música da parceria de Harper e Musselwhite, que é resultado do CD "Get Up!", mas ficou hipnotizado pelo balanço sujo e cheio de paixão.

Saiba tudo sobre o Rock in Rio

A dupla entrou sem anúncio, falou pouco com a plateia (o máximo foi um "obrigado" de Harper e "como vocês estão essa noite?", de Charlie), e deu mais do que conta do recado. O que tinha todos os ares de show intimista tomava outra proporção quando as guitarras sujavam as caixas de som com, por exemplo, “I Don’t Believe a Word You Say”.

Além das gaitas de Musselwhite, Harper mostrou com destreza a sonoridade peculiar da steel guitar, que tocou sentado ao lado do parceiro. Ao contrário de muitas atrações que passaram pelo mesmo palco, o show da dupla não é para gritar, jogar a mão para o alto e pular. O público precisa se permitir viajar por 50 minutos para New Orleans curtir uma "blueseira" original.

"Eu gostaria de agradecer ao Rock in Rio. Obrigada. Também agradeço ao Bob Burnquist e sua família", disse Harper. Neste momento, o skatista brasileiro entrou no palco para abraçar o amigo. Os fãs, claro, não perderam a deixa e entoaram "Bob, Bob, Bob..." em coro.

"Homeless Child" foi outro título que agradou, principalmente pelo vocal, e como se não bastasse, o final foi especial. Um cover pesado de "When the Levee Breaks", do Led Zeppelin, fechou com chave de ouro um dos melhores encontros do Sunset.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.