Com muitas luzes e guitarra pesada, Muse fecha segundo dia do Rock in Rio

Por Susan Souza , enviada especial ao Rio de Janeiro | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Banda britânica mostrou rock vigoroso e fez 1h40 de apresentação, que foi encerrada com fogos de artifício

Com status de banda grande e cercada por muitas luzes e um telão que exibia imagens abstratas, a banda inglesa Muse fez um show de tons épicos no palco Mundo, do Rock in Rio, na madrugada deste domingo (15).

Show da banda Muse no Rock in Rio 2013. Foto: AgNewsShow da banda Muse no Rock in Rio 2013. Foto: AgNewsShow da banda Muse no Rock in Rio 2013. Foto: AgNewsShow da banda Muse no Rock in Rio 2013. Foto: AgNewsShow da banda Muse no Rock in Rio 2013. Foto: AgNewsShow da banda Muse no Rock in Rio 2013. Foto: AgNewsShow da banda Muse no Rock in Rio 2013. Foto: AgNewsShow da banda Muse no Rock in Rio 2013. Foto: AgNewsShow da banda Muse no Rock in Rio 2013. Foto: AgNews

A apresentação do grupo liderado pelo vocalista Matt Bellamy começou com a pesadíssima "Supremacy". Em seguida a banda tocou "Supermassive Blackhole" e "Hysteria". O single "Panic Station", de levada dançante, veio logo após e foi bem recebido pela plateia que resistia ao cansaço já perto da 00h30.

A simpática e tradicional cover de "Feeling Good", canção que ficou famosa na voz de Nina Simone, veio com Matt deixando a guitarra de lado para assumir o piano em um momento mais introspectivo.

As músicas "Follow Me" e "Liquid State", esta última composta e cantada pelo baixista Chris Wolstenholme, entraram para reforçar a sonoridade forte do grupo, que funciona com mais peso ao vivo do que nos discos. A turnê faz parte da divulgação do disco "The 2nd Law" (2012).

Já a romântica "Madness" deixou mais exposta a voz aveludada do vocalista que, ao final, completou com um "vocês são lindos". Outras músicas de sucesso ainda tiveram espaço no setlist como "Time is Running Out", "Starlight" e "Survival".

O Muse terminou o show pouco antes das 2h de domingo com a épica "Knights of Cydonia" e uma bela lua brilhante e crescente. E, para concluir as atividades do palco Mundo, teve mais uma queima de fogos de artifício característicos dos encerramentos de cada dia de festival.

Saiba tudo sobre o Rock in Rio

Os britânicos do Muse nunca tinham passado pelo evento carioca, mas já tocaram em duas edições da versão portuguesa do Rock in Rio. Atração principal deste sábado, fecharam o palco Mundo, que recebeu também Florence and the Machine, Thirty Seconds to Mars e Capital Inicial.

Na sexta-feira (13), primeiro dia de festival, passaram pelo palco Mundo a Orquestra Sinfônica Brasileira, uma homenagem ao cantor Cazuza, a cantora baiana Ivete Sangalo, o DJ francês David Guetta e a estrela pop Beyoncé.

No domingo (15), as atrações serão Jota Quest, Jessie J, Alicia Keys e Justin Timberlake. O Rock in Rio volta a ser realizado na quinta-feira (19) e vai até o próximo domingo (21).

Leia tudo sobre: rock in riomúsicamuse

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas