Cantora entrou no palco vestindo um corpete cravejado de pérolas e iniciou show com "Run This World (Girls)"

Ao final do show de Beyoncé no Rio de Janeiro, atração principal do primeiro dia de Rock in Rio, a cantora anunciou uma surpresa: a coreografia de "Qq isso Lelek", funk carioca do grupo Os Lelek. Beyoncé deu uma demonstração do que aprendeu e, da plateia, só se ouvia comentários como "não é possível" e "não acredito".

Durante 1h45, a cantora mostrou uma ótima forma e foi apoiada por uma superprodução que contava com um grupo de bailarinos de visual moderno e a Suga Mama, sua banda de apoio formada apenas por mulheres, Sempre com os cabelos esvoaçantes por causa dos ventiladores à beira do palco e com uma pose irretocável de diva, ela mostra as razões pelas quais sua fórmula de exposição é tão eficaz.

A composição de seu show é feita para brilhar e, para isso, Beyoncé conta com um trabalho impecável de figurino, cabelo e maquiagem, incontáveis aparatos de pirotecnia e interatividade que trabalham para manter e engrandecer a fama de rainha e, em sua base, está a presença e a potência natural da voz da cantora.

A primeira música já criou, imediatamente, uma identidade com a plateia: o single "Run This World (Girls)", que deixou o público em clima de histeria. A cantora entrou vestindo um corpete cravejado de pérolas e mostrou uma série de hits como "If I Were a Boy", "Get me Bodied", "Baby Boy", "Naughty Girl" e "Party". 

Com menos trocas de roupa em comparação aos outros shows da "Mrs Carter Tour" no Brasil, somando-se oito figurinos no total, a apresentação também foi um pouco menor e deixou de fora músicas como "Survivor", do grupo Destiny's Child do qual Beyoncé fez parte no começo da carreira.

Intercalando o show com vídeos que contam um pouco sobre sua vida, como um que mostra a cantora com a filha Blue Ivy, Beyoncé ganhava tempo para fazer suas trocas de figurinos. Em momentos mais introspectivos, emocionou com "Irreplaceable" e a versão à capella de "I Will Always Love You", cover de Dolly Parton famosa na voz de Whitney Houston.

Beyoncé em show no Rock in Rio 2013
AgNews
Beyoncé em show no Rock in Rio 2013

O setlist ainda teve os singles "Crazy in Love", "Love on Top", um interlúdio de "Countdown", "Why Don't You Love Me" e "Single Ladies (Put a Ring on it)", cantada com empolgação pela plateia. No encerramento, antes de surpreender com a coreografia de "Qq isso Lelek", a cantora fechou com "Halo", descendo até o gargarejo e tocando a mão de alguns fãs sortudos que estavam na grade.

Primeiro dia de Rock in Rio

Beyoncé foi a atração mais aguardada do primeiro dia de Rock in Rio e, durante o evento, era possível encontrar fãs com camisetas, faixas e cartazes da cantora na Cidade do Rock - e até uma versão em papelão da estrela apareceu na fila .

A apresentação no festival faz parte da turnê "Mrs Carter" pelo Brasil - no show de estreia, em Fortaleza, ela trocou de roupa dez vezes em duas horas . A cantora já se apresentou em Belo Horizonte (11/9) e segue agora para São Paulo (15/9) e Brasília (17).

Antes de Beyoncé, o palco Mundo recebeu quatro shows. Quem abriu os trabalhos foi a Orquestra Sinfônica Brasileira, tocando peças de Beethoven, Heitor Villa-Lobos, Queen, Kid Abelha, Beatles, Legião Urbana, entre outras homenagens.

Em seguida, Ney Matogrosso, Frejat, Maria Gadú, Paulo Miklos e outros artistas participaram de uma homenagem ao cantor Cazuza. Ivete Sangalo e o DJ francês David Guetta também passaram pelo palco Mundo para preparar a chegada de Beyoncé.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.