Gravações inéditas do Joy Division são resgatadas de caçamba

Por BBC Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Material foi recuperado por ex-engenheira de som de gravadora fechada há 20 anos

BBC

Gravações inéditas da banda Joy Division foram recuperadas de uma caçamba de entulho por uma antiga engenheira de som da gravadora da Stockport's Strawberry Studios, fechada há 20 anos.

Julia Adamson diz também ter salvado fitas da banda Magazine e New Order. "Eles estavam jogando tudo na caçamba quando fecharam as portas e ficamos arrasados”, disse ela entrevista à BBC.

Getty Images
Ian Curtis e Peter Cook em apresentação do Joy Division, Londres, 1979

Adamson e o marido, o também engenheiro de som Chris Nagle, resgataram gravações produzidas por Martin Hannett - que trabalhou com o Joy Division e outras bandas de Manchester -, além de "várias outras coisas que conseguiram carregar".

Siga o iG Cultura no Twitter

"Não achávamos que fossem valiosas, só não gostávamos da ideia de que fossem jogadas fora", disse ela, que foi tecladista e guitarrista do The Fall.

'Unknown Pleasures'

Adamson revelou a história no Facebook e disse também que está procurando um colecionador que queira herdar o material, já que não quer mais guardá-lo.

No Facebook, Julia Adamson postou fotos das caixas de fitas resgatadas, Uma das gravações contém sessões de gravação do Joy Division para o clássico álbum Unknown Pleasures, de 1979.

Reprodução
As fitas encontradas por Julia Adamson

Ela postou fotos no Facebook que mostram caixas de fitas com nomes escritos a mão de bandas como New Order, The Durutti Column, Magazine e The Psychedelic Furs. Segundo ela, muitas são cópias de fitas originais que ainda existem e estão guardadas em outro lugar.

Mas uma delas, intitulada "Joy Division outtakes", contém gravações de músicas como "She's Lost Control", "Wilderness" e "New Dawn Fades" que nunca foram ouvidas antes.

"Essas versões são diferentes das do álbum", diz ela. "São as primeiras versões, feitas antes da gravação final, mas são muito boas".

O Joy Division foi um dos grupos mais influentes dos anos 70. Depois que o cantor Ian Curtis se suicidou, em 1980, os outros membros da banda continuaram a fazer sucesso com a banda New Order.

Atualmente, Julia Adamson é dona da gravadora Invisible Girl, em Manchester.

Leia tudo sobre: joy divisionmúsica

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas