Polícia recupera violino raro de US$ 1,84 milhão furtado em 2010

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Instrumento musical, um Stradivarius de 1696 estimado em R$ 4,18 milhões, foi encontrado intacto

AP
Foto divulgada pela polícia britânica mostra violino encontrado após furto em 2010

A polícia britânica recuperou um violino antigo, estimado em US$ 1,84 milhão (R$ 4,18 milhões), que tinha sido furtado em 2010.

O instrumento musical, um Stradivarius de 1696, estava intacto.

Siga o iG Cultura no Twitter

O furto aconteceu em novembro de 2010 em Londres, quando a violinista Min-Jin Kym estava comendo em uma lanchonete e notou que o instrumento não estava com ela.

O violino é um de apenas cerca de 400 produzidos em todo o mundo. De acordo com a polícia britânica, apenas a caixa do intrumento sofreu danos.

Dois arcos também foram recuperados em uma propriedade na região de Midlands, área central da Inglaterra. Duas pessoas foram presas e a polícia ainda investiga como o violino saiu de Londres e foi parar no local.

'Incrível euforia'

A violinista disse que sentiu "uma incrível euforia" ao descobrir que o Stradivarius havia sido localizado. "A cada momento do dia, ou até mesmo quando estava dormindo, a perda do instrumento, o sentimento de responsabilidade, estava lá", afirmou.

"Este era o instrumento que eu tocava desde adolescente, então era uma grande parte da minha identidade por muitos anos", acrescentou a violinista. "Obviamente foi devastador."

BBC
A violinista Min-Jin Kym

Mas, agora, depois da recuperação do instrumento raro, além da euforia, Min-Jin Kym afirma que ainda sente "um frio na barriga".

Venda difícil

A polícia britânica chegou a pensar que um violino recuperado na Bulgária em março poderia ser o instrumento desaparecido, mas um especialista analisou o instrumento e concluiu que era uma réplica.

"Sempre afirmei que a raridade e características únicas (do violino) tornariam qualquer tentativa de venda extremamente difícil, se não inútil, pois negociadores de artes e antiguidades já estabelecidos reconheceriam facilmente como um artigo roubado", afirmou o investigador Simon Taylor, que liderou as buscas pelo Stradivarius.

Um porta-voz da polícia informou que o violino foi entregue à companhia responsável pelo seguro do Stradivarius, a Lark Insurance Broking Group, e a devolução do instrumento a Kym está sendo negociada.

Antonio Stradivari, o fabricante dos famosos violinos, nasceu em 1644 e morreu na cidade de Cremona, na Itália, em 1737.

Ele fabricou mais de mil violinos, violas e violoncelos e recebia encomendas de famílias reais de toda a Europa. Acredita-se que ainda existam 650 instrumentos fabricados por ele.

Com BBC

Leia tudo sobre: violinostradivarius

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas